O que é marxismo? Características e filosofia

O que é marxismo? Características e filosofia

Introdução ao marxismo

O comunismo tem muitas doutrinas. Entre eles, destaca-se um movimento ideológico particular: marxismo.

O marxismo tem o nome de seu criador, Karl Marx, que foi um filósofo e jornalista revolucionário alemão do século 19.

O Manifesto Comunista

Seu primeiro trabalho importante foi o manifesto Comunista em 1848. A frase principal desta obra resume, em grande medida, a Doutrina marxista: “A história de todas as sociedades até hoje é a história das lutas das classes sociais”.

As teorias de Marx tinham como conselheiro e assistente Friedrich Engels. Ele também participou da redação do manifesto Comunista (é o legado de ambos) e em «O capital«.

Divisão da sociedade no marxismo

Para os marxistas, a sociedade é dividida em duas classes: o proletariado e a burguesia.

A luta constante entre essas duas facções é o que causa o avanço ou recuo da civilização, que durante seu desenvolvimento, sempre esteve em conflito.

O pensamento marxista pode ser dividido em dois componentes: um científico e um filosófico.

O primeiro se refere a materialismo histórico. Este conceito parte do fato de que a base material de uma sociedade é o que determina a ordem social e, por conseqüência, determina a evolução e o desenvolvimento dessa sociedade.

Materialismo histórico

Materialismo histórico Portanto, pode ser usado para analisar diferentes sociedades e suas evoluções ao longo da história. Marx afirmou que a história do desenvolvimento da civilização está ligada ao desenvolvimento da produção e modos de produção.

Daí se poderia deduzir que as forças produtivas e as relações entre elas teriam uma relação direta com essa evolução.

Quer dizer, Marx ligou a luta de classes à evolução dos modos de produção e da humanidade.

Materialismo dialético

O segundo componente da doutrina marxista é o materialismo dialético. Este tem sido o assunto de várias elaborações controversas.

Basicamente, o que Marx está propondo é que filosofia especulativa é inútilpois só cria contradições.

Ele defende uma concepção do mundo baseada em sua teoria do materialismo histórico.

Em outras palavras, a concepção de mundo e de história é, para Marx, algo completamente empírico, no sentido de que pode ser argumentado com a análise histórica que ele levanta.

'Capital' de Marx

Seu segundo trabalho veio quase 10 anos após o manifesto Comunista com a publicação do primeiro livro de "O capital”, Onde ele analisou o capitalismo.

Deste trabalho surge o pensamento econômico do marxismo, que gira em torno de dois conceitos fundamentais: valor e boa vontade.

Para Marx, o valor é a expressão da quantidade de trabalho social (tempo gasto) contido em uma mercadoria, isto é, quanto foi investido na produção dessa mercadoria.

Segundo ele, no capitalismo, que o trabalho social se torna uma mercadoria à mercê dos mercados. Os dias seriam pagos não pelo que você faz, mas por quantas pessoas estão dispostas a fazê-lo.

A mais-valia seria todo o trabalho extra que é alcançado no capitalismo por meio da exploração da força de trabalho.

A ditadura do proletariado

Além dessas teorias, Também propõe um modelo sócio-político alternativo ao existente. Seu objetivo era acabar em um sistema comunista.

Para isso, ele propõe que as classes trabalhadoras tomam o poder em uma revolução, que a religião acaba"Religião é o ópio do povo") e que propriedade individual não tem mais lugar, visto que é apenas um mecanismo de obtenção de votos.

Isso é o que Marx chama de "ditadura do proletariado”E isso, supostamente, deveria ser uma fase intermediária.

No entanto, ao longo da história os líderes soviéticos permaneceram nesta fase sem realmente aplicar a segunda parte.

marxismo É a doutrina comunista que inspirou a maioria dos governos. Mao, Lenin, Stalin e Trotsky eles foram os principais líderes que tentaram aplicá-lo.

Lenin introduziu várias mudanças nesta filosofia, razão pela qual o “Marxismo-leninismo”.

Mas, como já foi mencionado, nunca terminou culminando com tudo que o Revolução de outubro e o seu Karl Marx prometido.

Diferentes variantes do pensamento de Marx foram importantes no decorrer do século 20, especialmente durante o Guerra Fria, quando podemos torná-lo visível no modelo ideológico soviético E no Modelo maoísta, como grandes opostos de Modelo capitalista americano ou o Modelo liberal europeu.

Apaixonado por História, é formado em Jornalismo e Comunicação Audiovisual. Desde pequeno amou história e acabou explorando os séculos XVIII, XIX e XX sobretudo.


Vídeo: Ideologia e Marxismo - Brasil Escola