Um antigo relógio de sol desenterrado no Vale dos Reis

Um antigo relógio de sol desenterrado no Vale dos Reis

Um grupo de pesquisadores da Universidade de Basel encontrou um relógio de sol egípcio quando as escavações estavam sendo realizadas no Vale do Rei, e mais especificamente, ao limpar a entrada de uma das tumbas. A descoberta em que foi encontrado foi feita sob a direção da Prof. Susanne Bickel.

É um pedaço plano de calcário no qual um semicírculo preto foi desenhado. O semicírculo é dividido em 12 partes com ângulos de 15 graus cada. Na linha de base existe uma fenda que serve para inserir um parafuso de madeira ou metal e que através da sua sombra foram projetadas as horas do dia. Com os pequenos pontos encontrados em cada uma das partes, a passagem do tempo pode ser medida com mais detalhes.

O relógio Foi numa das zonas com cabanas de pedra onde se alojaram os homens que se dedicaram à construção dos túmulos no século XIII.

O relógio de sol poderia ter sido usado para medir as horas de trabalho ou para visualizar um fenômeno pelo qual a progressão do deus Sol através do mundo subterrâneo é descrita à noite, uma vez que a divisão do caminho do sol em horas era grande importância nos guias com o nome do inferno que havia sido desenhado nas paredes dos túmulos.

Mais de 500 objetos de eras anteriores eles vêm se recuperando durante as escavações que tiveram o apoio das autoridades egípcias e de estudantes da Universidade de Basel.

Nasci em Madrid em 27 de agosto de 1988 e desde então comecei uma obra da qual não há exemplo. Fascinado por números e letras e amante do desconhecido, sou um futuro graduado em Economia e Jornalismo, interessado em compreender a vida e as forças que a moldaram. Tudo fica mais fácil, mais útil e mais emocionante se, olhando para o nosso passado, pudermos melhorar o nosso futuro e para isso… História.


Vídeo: Antigo Relógio de Sol Diptico Europeu séc. XIX