Convenção Democrática de 1852 - História

Convenção Democrática de 1852 - História

Baltimore, Maryland

1 a 5 de junho de 1852

Nomeado: Franklin R Pierce, de New Hampshire para presidente

Nomeado: William O Butler de Kentucky para vice-presidente

O partido democrático abriu sua convenção em Baltimore em junho de 1852 com quatro candidatos concorrentes à presidência. A maioria dos que haviam deixado a festa com Van Buren para formar os "Free Soilers" havia retornado. Antes de decidir sobre o candidato presidencial, a convenção adotou uma plataforma destinada a unir as facções que lutam pela escravidão. Opôs-se a qualquer "agitação" posterior sobre a questão da escravidão. Quando se tratou de selecionar um candidato para presidente - os quatro candidatos - Stephen Douglas, William Marcy, James Buchanan e Lewis Cass - empatou. Na 49ª votação, a convenção se transformou em um "azarão" Franklin Pierce, de New Hampshire. Os pontos de vista de Pierce sobre a escravidão não foram claramente articulados, portanto, não ofendeu ninguém. Seu serviço como general na guerra mexicana-americana permitiu que o partido jogasse a carta do herói militar.


Eleições presidenciais dos Estados Unidos de 1852

Nossos editores irão revisar o que você enviou e determinar se o artigo deve ser revisado.

Eleições presidenciais dos Estados Unidos de 1852, Eleição presidencial americana realizada em 2 de novembro de 1852, na qual o democrata Franklin Pierce derrotou Whig Winfield Scott.


Convenções políticas nacionais semelhantes ou semelhantes à Convenção Nacional Whig de 1852

Convenção de nomeação presidencial realizada de 1 ° a 5 de junho em Baltimore, Maryland. Realizado para nomear os candidatos do Partido Democrata & # x27s para presidente e vice-presidente na eleição de 1852. Wikipedia

Da história da cidade de Baltimore, Maryland, navios de guerra regulares da Marinha dos EUA, como algumas das fragatas "Seis Originais" de 1797, como a U.S.F. Constituição (de Boston) e U.S.F. O Constelação de Baltimore teve várias vitórias impressionantes, mas depois foi engarrafado no porto americano pelo posterior bloqueio britânico da costa leste, mais tarde sufocando o comércio de Baltimore. Wikipedia

A 17ª eleição presidencial quadrienal, realizada na terça-feira, 2 de novembro de 1852. O democrata Franklin Pierce, ex-senador de New Hampshire, derrotou o candidato Whig, o general Winfield Scott. Wikipedia

Convenção de indicação presidencial realizada de 17 a 18 de setembro, em Baltimore, Maryland. A última convenção de nomeação presidencial realizada pelo Partido Whig. Wikipedia

Convenção de nomeação presidencial realizada em 7 de junho na Filadélfia. Ele nomeou os candidatos do Partido Whig & # x27s para presidente e vice-presidente na eleição de 1848. Wikipedia

Convenção de nomeação presidencial realizada de 22 a 25 de maio em Baltimore, Maryland. Realizado para nomear os candidatos do Partido Democrata & # x27s para presidente e vice-presidente na eleição de 1848. Wikipedia

Comandante militar americano e candidato político. Ele serviu como general no Exército dos Estados Unidos de 1814 a 1861, participando da Guerra de 1812, da Guerra Mexicano-Americana, dos primeiros estágios da Guerra Civil Americana e dos conflitos com os nativos americanos. Wikipedia

Convenção de nomeação presidencial realizada de 2 a 6 de junho em Cincinnati, Ohio. Realizado para nomear os candidatos do Partido Democrata & # x27s para presidente e vice-presidente na eleição de 1856. Wikipedia

A história do Partido Whig dos Estados Unidos durou desde o estabelecimento do Partido Whig no início do segundo mandato do presidente Andrew Jackson e # x27 (1833-1837) até o colapso do partido durante o mandato do presidente Franklin Pierce (1853-1857). Os Whigs surgiram na década de 1830 em oposição ao presidente Andrew Jackson, reunindo ex-membros do Partido Republicano Nacional, do Partido Antimaçônico e democratas insatisfeitos. Wikipedia

Convenção de nomeação presidencial realizada em 1º de maio em Baltimore, Maryland. Ele nomeou os candidatos do Partido Whig & # x27s para presidente e vice-presidente na eleição de 1844. Wikipedia

Advogado, político e soldado americano. Ele representou o Kentucky em ambas as casas do Congresso e se tornou o 14º e mais jovem vice-presidente dos Estados Unidos. Wikipedia

O 13º presidente dos Estados Unidos, servindo de 1850 a 1853, foi o último a ser membro do Partido Whig enquanto esteve na Casa Branca. Eleito como o 12º vice-presidente dos EUA em 1848, e sucedeu à presidência em julho de 1850 após a morte do presidente dos EUA Zachary Taylor. Wikipedia

Convenção de nomeação presidencial realizada de 17 a 19 de junho na Filadélfia, Pensilvânia. A primeira convenção nacional de nomeações na história do Partido Republicano e foi realizada para nomear os candidatos do partido para presidente e vice-presidente na eleição de 1856. Wikipedia

O 14º presidente dos Estados Unidos, servindo de 1853 a 1857. Ameaça fundamental para a unidade da nação, ele alienou grupos antiescravistas apoiando e assinando a Lei Kansas-Nebraska e aplicando a Lei do Escravo Fugitivo, mas esses esforços falharam. conflito de origem entre o Norte e o Sul. Wikipedia

Político e advogado americano de Illinois. Um dos dois indicados pelo Partido Democrata para presidente na eleição presidencial de 1860, vencida pelo republicano Abraham Lincoln. Wikipedia

Lista completa de pessoas que receberam voto eleitoral nas eleições presidenciais dos Estados Unidos. Para todas as eleições anteriores a 1804, & quotP & quot denota um voto presidencial e & quotVP & quot denota um voto vice-presidencial. Wikipedia

Secretário de Estado dos Estados Unidos de 1861 a 1869, e anteriormente atuou como governador de Nova York e como senador dos Estados Unidos. Figura proeminente no Partido Republicano em seus anos de formação, e foi elogiado por seu trabalho em nome da União como Secretário de Estado durante a Guerra Civil. Wikipedia

A 16ª eleição presidencial quadrienal, realizada na terça-feira, 7 de novembro de 1848. No rescaldo da Guerra Mexicano-Americana, o general Zachary Taylor do Partido Whig derrotou o senador Lewis Cass do Partido Democrata. Wikipedia

A eleição presidencial dos Estados Unidos de 1852 em Massachusetts ocorreu em 2 de novembro de 1852, como parte da eleição presidencial de 1852 dos Estados Unidos. Os eleitores escolheram 13 representantes, ou eleitores para o Colégio Eleitoral, que votaram para Presidente e Vice-Presidente. Wikipedia

A 19ª eleição presidencial quadrienal, realizada em 6 de novembro de 1860. Em uma disputa de quatro vias, a chapa do Partido Republicano de Abraham Lincoln e Hannibal Hamlin, ausente das urnas em dez estados escravistas, ganhou uma pluralidade popular nacional, uma maioria popular em o Norte, onde os estados já haviam abolido a escravidão, e uma maioria eleitoral nacional composta apenas por votos eleitorais do Norte. Wikipedia

Esta página lista as convenções de nomeação presidencial do Partido Whig dos Estados Unidos entre 1839 e 1856. Nota: As convenções cujos nomeados ganharam a eleição presidencial subsequente estão em negrito Wikipedia

A eleição presidencial dos Estados Unidos de 1852 em Maryland ocorreu em 2 de novembro de 1852, como parte da eleição presidencial de 1852 dos Estados Unidos. Os eleitores escolheram oito representantes, ou eleitores para o Colégio Eleitoral, que votaram para Presidente e Vice-Presidente. Wikipedia

A eleição presidencial dos Estados Unidos em 1852 na Geórgia ocorreu em 2 de novembro de 1852, como parte da eleição presidencial de 1852 nos Estados Unidos. Os eleitores escolheram 10 representantes, ou eleitores para o Colégio Eleitoral, que votaram para Presidente e Vice-Presidente. Wikipedia

Lista de candidatos eleitorais americanos para os cargos de Presidente dos Estados Unidos e Vice-Presidente dos Estados Unidos do moderno Partido Democrata, devidamente pré-eleitos e nomeados, ou os candidatos presumidos para uma futura pré-seleção e eleição. A campanha oficial que recebeu votos do Colégio Eleitoral é listada. Wikipedia

Convenção de nomeação presidencial realizada de 17 a 20 de agosto de 2020, no Wisconsin Center em Milwaukee, Wisconsin, e praticamente em todos os Estados Unidos. Na convenção, os delegados do Partido Democrata dos Estados Unidos escolheram formalmente o ex-vice-presidente Joe Biden e a senadora Kamala Harris da Califórnia como os indicados do partido para presidente e vice-presidente, respectivamente, nas eleições presidenciais de 2020 nos Estados Unidos. Wikipedia

A eleição presidencial dos Estados Unidos de 1852 em New Hampshire ocorreu em 2 de novembro de 1852, como parte da eleição presidencial de 1852 nos Estados Unidos. Os eleitores escolheram cinco representantes, ou eleitores para o Colégio Eleitoral, que votaram para Presidente e Vice-Presidente. Wikipedia

Convenção de nomeação presidencial realizada em Baltimore, Maryland, de 27 a 30 de maio. A convenção indicou o ex-governador James K. Polk do Tennessee para presidente e o ex-senador George M. Dallas da Pensilvânia para vice-presidente. Wikipedia

Realizada em 2 de novembro de 1852 como parte da eleição presidencial de 1852 dos Estados Unidos. Os votos escolheram quatro representantes, ou eleitores para o Colégio Eleitoral, que votaram para presidente e vice-presidente. Wikipedia

Essas listas são um complemento do artigo da Wikipedia intitulado Convenção de nomeação presidencial dos Estados Unidos. As duas colunas à direita mostram nomeações por convenções notáveis ​​não mostradas em outros lugares. Wikipedia

Convenção de nomeação presidencial realizada de 16 a 18 de maio em Chicago, Illinois. Realizado para nomear os candidatos do Partido Republicano & # x27s para presidente e vice-presidente na eleição de 1860. Wikipedia


Embora Zachary Taylor tenha vencido a eleição presidencial anterior no Whig Ticket, os democratas permaneceram fortes no Congresso. Eles tinham maioria no Senado e pluralidade na Câmara. Os democratas foram encorajados depois que Millard Fillmore ascendeu à presidência, substituindo o falecido Zachary Taylor. O Compromisso de 1850, uma importante vitória do Whig no Congresso, não foi bem recebido pelos eleitores, que aumentaram a representação democrática em ambas as câmaras, dando aos democratas o controle total da Câmara.

Manobras pré-convenção

Ao longo do ano de 1851, vários contendores começaram a organizar suas forças para as convenções democratas estaduais. O primeiro candidato oficial foi Joseph Lane, colocado na disputa pela Convenção Democrática do Estado de Indiana em 26/01/1851. A convenção de New Hampshire colocou Levi Woodbury na disputa em 11/06/1851. Quando o Comitê Nacional Democrata se reuniu na cidade de Nova York no dia de Ano Novo de 1852 para fazer os planos finais para a convenção nacional, eles relataram que Samuel Houston era o favorito naquela época.

Os delegados para a convenção nacional foram escolhidos durante o outono de 1851 e o inverno de 1852. Em 21/01/1852, o jornal o Gabinete do fazendeiro relataram que os membros democratas do Congresso geralmente favoreciam Lewis Cass, que "tem ganhado terreno e agora tem uma chance muito justa". A segunda escolha no Congresso foi William O. Butler, que era neutro no Compromisso de 1850, outros candidatos, limitados ao status de filho favorito, foram Buchanan, Marcy e Douglas.

Na véspera da convenção, o jornal o Barre Gazette deu sua projeção da primeira votação como Cass 91, Buchanan 76, Douglas 28, Marcy 24, Butler 24, Houston 14, Lane 13, Allen 11, Pierce 5 e Dodge 2.

Organizando a Convenção

A 6ª Convenção Nacional Democrata reunida no Maryland Institute Hall em Baltimore MD. A convenção se reuniu em uma longa sala medindo 52 pés por 300 pés, com uma galeria que percorre toda a sala. Os delegados sentaram-se em uma plataforma na extremidade sul da sala, com uma segunda plataforma para os oficiais da convenção. Em frente ao palco havia uma área isolada para convidados. Como se viu, não foram fornecidas cadeiras suficientes para os delegados, porque vários estados enviaram mais delegados do que o número de votos de delegados atribuídos (por exemplo, a Virgínia enviou 120 delegados para lançar 15 votos) [New York Times, 2/6/1852 ] Benjamin F. Hallett MA, o primeiro presidente nacional democrata, deu início à convenção. Hallett tomou uma decisão executiva no início da sessão, que estabeleceu o precedente para todas as convenções futuras. Como alguns estados enviaram mais delegados do que tinham votos, Hallett anunciou que os estados poderiam acomodar apenas o número de delegados designados antes da convenção.

No primeiro dia, a convenção nomeou um comitê de credenciais para resolver uma disputa que resultou na nomeação de duas delegações plenas da Geórgia. A convenção também indicou um comitê de regras e outro para indicar dirigentes.

O Comitê de Regras relatou primeiro. Recomendou manter as regras da convenção nacional de 1848, incluindo a provisão para a regra dos 2/3 para nomeações. Quando um delegado recomendou abandonar a regra de 2/3, os delegados votaram sem debate a regra de 2/3 foi mantida por uma votação de 269-13, com todos os votos negativos vindos de Nova York e Ohio.

Depois de lidar com o relatório do Comitê de Regras, a convenção solicitou um relatório do Comitê de Resoluções (ou do comitê de plataforma). Não estava pronto para relatar, e um longo debate se seguiu que não levou a lugar nenhum.

No segundo dia da convenção, o Comitê de Credenciais relatou. Ele considerou desafios para todo o estado da Geórgia e Carolina do Sul e desafios para partes das delegações de ME, MA e VT. As recomendações do comitê, incluindo a decisão de rejeitar o único delegado que comparecia da Carolina do Sul, foram endossadas em uma lista de chamada pelo voto de 194-83. Os centros de oposição nesta lista de chamada foram Nova York, Pensilvânia, Ohio e Nova Jersey.

A convenção então discutiu se deveria continuar esperando pelo Comitê de Resoluções (comitê de plataforma) ou prosseguir com as indicações. A convenção decidiu prosseguir com as indicações.

As Chamadas Presidenciais

Franklin Pierce foi nomeado presidente na 49ª votação. Antes de 1852, o maior número de votos na Convenção Nacional Democrata era nove (1844). Lewis Cass liderou na primeira votação em um resultado ligeiramente setorial. Ele ficou em primeiro no Norte e Oeste e em segundo no sul. Os estados do norte (estados livres a leste de Ohio) votaram em Cass 46, Buchanan 32 (27 dos quais eram da Pensilvânia), Marcy 27 e outros 4. Os estados escravos votaram em Buchanan 59, Cass 44 e outros 7. Estados ocidentais (estados livres começando com Ohio) votou Cass 26, Douglas 13 e outros 27.

A convenção realizou sete votações adicionais naquele dia, com poucas mudanças nos resultados. A 6ª votação foi a primeira na história da convenção em que nenhum delegado alterou seu voto na votação anterior. Nas primeiras 16 cédulas, 249 dos 288 delegados votaram da mesma forma em todas as cédulas. O único movimento real foi no oeste, onde Douglas tirou o Missouri de Cass e o Arkansas de Buchanan. Douglas também ganhou delegados espalhados por todo o país nessas cédulas, passando para o terceiro lugar na 4ª cédula e subindo para 51 votos na 12ª cédula. Os resultados da 14ª, 15ª e 16ª votações foram os mesmos.

Votação presidencial (cédulas 1-16), DNC 1852
Candidato: Cédula 2d 3d 5 ª 10º 11º 12º 13º 14º Dia 15 Dia 16
Lewis Cass 116 118 119 115 114 114 113 113 112 111 101 98 98 99 99 99
James Buchanan 93 95 94 89 88 88 88 88 87 86 87 88 88 87 87 87
Stephen A. Douglas 20 23 21 33 34 34 34 34 39 40 50 51 51 51 51 51
William L. Marcy27 27 26 25 26 26 26 26 27 27 27 27 26 26 26 26
Joseph Lane 13 13 13 13 13 13 13 13 13 14 13 13 13 13 13 13
Samuel Houston 8 6 7 7 8 8 9 9 8 8 8 9 10 10 10 10
Espalhamento 11 6 8 6 5 5 5 5 2 2 2 2 2 2 2 2

O terço intermediário da votação foi muito mais fluido, com 1/3 dos delegados (95 de 288) votando em homens diferentes nas 16 cédulas. Nas três primeiras dessas 16 votações, a maior mudança foi na Nova Inglaterra, onde Douglas obteve nove votos de Cass (incluindo a delegação de Rhode Island) e dois de Buchanan. Começando com a 20ª votação, Cass estava em queda livre na 29ª votação, ele tinha apenas 27 votos. Buchanan assumiu NJ e ganhou em três outros estados para assumir a liderança na 20ª votação. Ele atingiu o pico de 104 votos nas cédulas 22d e 23d e manteve a liderança enquanto perdia delegados por seis cédulas. Douglas ganhou em todo o país, subindo lentamente para o primeiro lugar na 30ª votação. O restante das perdas de Cass foi para William O. Butler. Buchanan começou a escorregar visivelmente a partir da 30ª votação até o 32º dia, ele havia perdido 30 votos em sua alta. Com claro que Buchanan não poderia vencer, Cass voltou à contenção, recuperando sua liderança na votação 32d ao retomar seu antigo apoio no Norte e Noroeste e absorvendo os votos de Lane, que havia se retirado.

Votação presidencial (cédulas 17-32), DNC 1852
Candidato: Cédula Dia 17 18º 19º 20o 21º 22d 23d 24º Dia 25 26º Dia 27 28º 29º 30º 31º 32d
James Buchanan 87 85 85 92 102 104 104 103 101 101 98 96 98 91 83 74
Lewis Cass 99 96 89 81 60 43 37 33 34 33 32 28 27 33 65 93
Stephen A. Douglas 50 56 63 64 64 77 78 80 79 80 85 88 91 92 92 80
William L. Marcy26 25 26 26 26 26 27 26 26 26 26 26 26 26 26 26
William O. Butler1 1 1 1 13 15 19 23 24 24 24 25 25 20 18 1
Joseph Lane 13 13 13 13 13 13 13 13 13 1313 13 13 13 -- --
Samuel Houston 11 11 10 10 9 9 6 9 10 10 9 11 12 12 8 6
Daniel S. Dickinson 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

O último terço da votação foi marcado pela pressão contínua das forças de Cass. Na 33ª cédula, ele superou a votação mais alta da convenção - seu próprio voto na 3ª cédula - e atingiu uma nova alta de 131 na 35ª cédula. Cass agora tinha 45% dos votos e liderava nas três regiões (67% no noroeste, 42% no Sul e 40% no Nordeste). Buchanan estava fora de disputa na 36ª votação, o Sul o havia abandonado e estava fazendo experiências com outros candidatos. Virginia olhou para novos rostos, apoiando Dickinson no dia 34 e depois trocando para Franklin Pierce no dia 35. Quando ficou claro que Cass havia atingido um novo teto, o rosto novo mais popular foi Marcy. Agora que ele havia mudado para a facção Barnburner do partido no estado de Nova York, Marcy era aceitável para o sul. Seu voto aumentou gradualmente a partir da 34ª cédula, e na 45ª cédula ele ficou em primeiro lugar com uma votação altamente setorial (uma pluralidade no Sul, mas metade de seu restante era de Nova York). Na 46ª votação, os esforços de Marcy lhe renderam apenas um voto de delegado, a única outra grande mudança foi uma mudança de Kentucky para Pierce. Na 48ª votação, Pierce passou para o terceiro lugar com 55 votos e quase nenhum outro candidato obteve.

Na 49ª votação, os primeiros 12 estados deram seus votos, com muito poucas alterações em relação à 48ª votação. Quando a Carolina do Norte foi chamada, James C. Dobbin fez um apelo apaixonado pela unidade do partido e mudou o voto do estado de Marcy para Pierce. A Geórgia fez o mesmo, assim como o Mississippi. Com o apoio de Marcy evaporando no Sul, Nova York anunciou que queria retirar-se temporariamente da convenção para discutir se mudaria seu voto. Pensilvânia e Indiana seguiram o exemplo (embora o último ainda não tivesse votado na cédula). Em meio a aplausos ensurdecedores, o Alabama mudou seu voto, anteriormente dado a Marcy, para Pierce, e a delegação de Illinois retirou-se para consultar. O deslizamento de terra estava em andamento: VT e NJ mudaram seus votos anteriormente dados para Pierce. Indiana votou em Pierce Horatio Seymour retirou Marcy da contenção e mudou o voto do delegado Barnburner de Nova York para Pierce. Neste ponto, Pierce estava liderando com 128 votos a 57 para todos os outros. O governador Porter transferiu os 27 votos da Pensilvânia, anteriormente atribuídos a Buchanan, para Pierce, mas os aplausos foram tão altos que pouco do que ele disse foi ouvido. Esta votação colocou Pierce na maioria do total de votos dos delegados (155 de 288). Ohio então lançou 17 de seus 23 votos para Pierce. Illinois retirou Douglas e apoiou Pierce. A empolgação foi elétrica quando cada estado seguinte votou unanimemente em Pierce, e todos, exceto Ohio, mudaram os votos para outros candidatos para ele. Quando a votação terminou, Pierce tinha todos menos os seis dispersos em Ohio e três votos de delegados em branco em Maryland.

Votação presidencial (cédulas 33-49), DNC 1852
Candidato: Cédula 33d 34º 35º 36º 37º 38º 39º 40º 41º 42d 43d 44º 45º 46º 47º 48º49º
Franklin Pierce1 -- 15 30 29 29 29 29 29 29 29 29 29 44 49 55282
Lewis Cass 123 130 131 122 120 107 106 107 107 101 101 101 96 78 75 722
William L. Marcy25 33 34 58 70 84 85 85 85 91 91 91 97 98 95 89--
James Buchanan 72 49 39 28 28 28 28 27 27 27 27 27 27 28 28 28--
Stephen A. Douglas 60 53 52 43 34 33 33 33 33 33 33 33 32 32 33 332
Daniel S. Dickinson 1 16 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1--
Samuel Houston 6 5 5 5 5 5 5 5 5 5 5 5 5 5 5 61
Espalhamento 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 44

Cédula vice-presidencial

Os delegados nomearam William R.D. King para vice-presidente na segunda votação. Seu nome foi indicado pela delegação do Maine. Na primeira votação, King liderou com 43% dos votos dos delegados. Seu concorrente mais próximo tinha apenas 10%. A tabela a seguir apresenta os resultados seccionais interessantes da primeira votação:

ContendorNorteSul Oeste
William R.D. King 73520
Outros376056

King foi nomeado na segunda votação quase por unanimidade.

ContendorPrimeira votação2d
William R.D. King AL125277
S.U. Downs300
John B. Weller280
David R. Atchison250
Almofada Gideon J.250
Robert Strange230
William O. Butler130
Thomas J. Rusk130
Jefferson Davis211
Outros40

Outros assuntos da convenção

O Comitê de Resoluções apresentou relatório após as votações para vice-presidenciais. A plataforma se opôs ao financiamento federal de melhorias internas, era antiprotecionista, contra o Banco Nacional e a favor do Compromisso de 1850.

Após a adoção da plataforma, a convenção votou 195-68 para permitir a cada estado dois delegados por voto eleitoral em futuras convenções. Todos os votos negativos vieram do Sul, onde a votação foi de 28-68. A convenção então foi suspensa sine die.


Plataforma Democrática de 1852

Resolveu-se que a democracia americana deposita sua confiança na inteligência, no patriotismo e na justiça discriminatória do povo americano.

Resolvido que consideramos isso como uma característica distintiva de nosso credo político, que temos o orgulho de manter perante o mundo como o grande elemento moral em uma forma de governo que surge e é sustentada pela vontade popular e a contrastamos com o credo e prática do federalismo, sob qualquer nome ou forma, que visa paralisar a vontade do constituinte, e que não concebe nenhuma impostura monstruosa demais para a credulidade popular.

Resolveu-se, portanto, que, nutrindo essas opiniões, o partido democrático desta União, por meio de seus delegados reunidos em uma convenção geral, reunindo-se em um espírito de concórdia, de devoção às doutrinas e fé de um governo representativo livre, e apelando para seus concidadãos pela retidão de suas intenções, renovam e reafirmam perante o povo americano a declaração de princípios por eles declarada quando em ocasiões anteriores, em convenção geral, apresentaram seus candidatos aos sufrágios populares.

1. Que o governo federal é um governo de poderes limitados, derivados exclusivamente da constituição, e as outorgas de poder nela feitas devem ser estritamente interpretadas por todos os departamentos e agentes do governo e que é inconveniente e perigoso exercer uma constitucionalidade duvidosa poderes.

2. Que a constituição não confere ao governo geral o poder de iniciar e levar a cabo um sistema geral de melhoramentos internos.

3. Que a constituição não confere competência ao governo federal, direta ou indiretamente, para assumir as dívidas dos diversos Estados, contraídas para benfeitorias locais e internas ou outros fins do Estado, nem seria tal assunção ou expediente.

4. Que a justiça e a boa política proíbem o governo federal de promover um ramo da indústria em detrimento de qualquer outro, ou de valorizar os interesses de uma parte em prejuízo de outra parte de nosso país comum que todos os cidadãos e todas as seções do o país tem o direito de exigir e insistir na igualdade de direitos e privilégios e de completar uma ampla proteção da pessoa e da propriedade contra a violência doméstica ou agressão estrangeira.

5. Que é dever de cada ramo do governo fazer cumprir e praticar a economia mais rígida na condução de nossos negócios públicos, e que nenhuma receita deve ser levantada mais do que a necessária para custear as despesas necessárias do governo, e para a gradual mas certa extinção da dívida pública.

6. Que o Congresso não tem o poder de fundar um banco nacional que acreditamos ser uma instituição de hostilidade mortal aos melhores interesses do país, perigosa para nossas instituições republicanas e as liberdades do povo, e calculada para colocar os negócios do país sob o controle de um poder monetário concentrado e acima das leis e da vontade do povo e que os resultados da legislação democrática nesta e em todas as outras medidas financeiras sobre as quais foram feitas questões entre os dois partidos políticos do país, demonstrou, a homens honestos e práticos de todas as partes, sua solidez, segurança e utilidade em todas as atividades comerciais.

7. Que a separação do dinheiro do governo das instituições bancárias é indispensável para a segurança dos fundos do governo e dos direitos do povo.

8. Que os princípios liberais incorporados por Jefferson na Declaração de Independência e sancionados na constituição, que fazem da nossa a terra da liberdade e do asilo dos oprimidos de todas as nações, sempre foram princípios fundamentais na fé democrática e em todas as tentativas para restringir o privilégio de nos tornarmos cidadãos e donos do solo entre nós, devemos resistir com o mesmo espírito que varreu as leis estrangeiras e de sedição de nossos estatutos.

9. Que o Congresso não tem poder de acordo com a constituição para interferir ou controlar as instituições nacionais dos vários Estados, e que tais Estados são os juízes únicos e adequados de tudo o que diz respeito aos seus próprios assuntos não proibido pela Constituição que todos os esforços do abolicionistas ou outros feitos para induzir o Congresso a interferir nas questões da escravidão, ou a dar passos incipientes em relação a isso, são calculados para levar às consequências mais alarmantes e perigosas e que todos esses esforços têm uma tendência inevitável de diminuir a felicidade do povo e põem em perigo a estabilidade e permanência da União, e não deve ser apoiado por qualquer amigo de nossas instituições políticas.

Resolvido, Que a proposição anterior cobre, e se destina a abarcar, todo o assunto da agitação da escravidão no Congresso e, portanto, o partido democrático da União, estando nesta plataforma nacional, irá respeitar e aderir a uma execução fiel dos atos conhecidos como as medidas de compromisso estabelecidas pelo último Congresso - "o ato de reclamar fugitivos do serviço ou do trabalho" incluído esse ato, sendo projetado para cumprir uma disposição expressa da constituição, não pode, com a fidelidade a ela ser revogada nem alterada para destruir ou prejudicar sua eficiência.

Resolveu-se que o partido democrático resistirá a todas as tentativas de renovar, no congresso ou fora dele, a agitação da questão da escravidão, seja qual for a forma ou a cor da tentativa.

Resolveu-se que as receitas das terras públicas devem ser sagradamente aplicadas ao objeto nacional especificado na Constituição e que nos opomos a qualquer lei para a distribuição de tais receitas entre os estados como, igualmente inconveniente na política e repugnante à constituição .

Resolveu-se, que nos opomos decididamente a retirar do Presidente o poder de veto qualificado, pelo qual ele está habilitado, sob restrições e responsabilidades amplamente suficientes para salvaguardar o interesse público, a suspender a aprovação de um projeto de lei cujo mérito não pode assegurar a aprovação de dois - terços do Senado e da Câmara dos Representantes, até que o julgamento do povo possa ser obtido sobre eles, e que salvou o povo americano da dominação corrupta e tirânica do Banco dos Estados Unidos, e de um sistema corruptor de geral interno melhorias.

Resolveu-se que o partido democrático cumprirá fielmente e manterá os princípios estabelecidos nas resoluções de Kentucky e Virgínia de 1798 e no relatório do Sr. Madison à legislatura da Virgínia em 1799 que adota esses princípios como constituindo um dos principais fundamentos de seu credo político, e está decidida a executá-los em seu significado e importância óbvios.

Resolveu-se que a guerra com o México, sob todos os princípios do patriotismo e das leis das nações, foi uma guerra justa e necessária de nossa parte, na qual todo cidadão americano deveria ter se mostrado ao lado de seu país, e nem moral nem fisicamente , por palavra ou ação, deram "ajuda e conforto ao inimigo".

Resolveu-se que nos regozijamos com o restabelecimento de relações amistosas com nossa república irmã do México e desejamos sinceramente para ela todas as bênçãos e prosperidade de que desfrutamos sob as instituições republicanas e parabenizamos o povo americano pelos resultados dessa guerra. justificou manifestamente a política e a conduta do partido democrático e garantiu aos Estados Unidos "indenização pelo passado e segurança pelo futuro".

Resolveu-se que, em vista da condição das instituições populares no Velho Mundo, um alto e sagrado dever é devolvido, com responsabilidade crescente ao partido democrático deste país, como o partido do povo, de defender e manter os direitos do cada Estado, e portanto a União dos Estados, e para sustentar e fazer avançar entre nós a liberdade constitucional, continuando a resistir a todos os monopólios e legislação exclusiva em benefício de poucos às custas de muitos, e por uma adesão vigilante e constante aos princípios e compromissos da constituição, que são amplos e fortes o suficiente para abraçar e defender a União como ela era, a União como ela é, e a União como será, na plena expansão das energias e capacidade de este grande e progressista povo.


Conspecto da História dos Partidos Políticos e do Governo Federal / Plataforma do Partido Democrático de 1852

Foram reafirmadas as Resoluções 1, 2, 3, 4, 5, 6 e 7, da plataforma de 1848, às quais foram acrescentados:

8. Resolvido, Que é dever de cada ramo do governo fazer cumprir e praticar a economia mais rígida na condução de nossos negócios públicos, e que nenhuma receita deve ser levantada mais do que a necessária para custear as despesas necessárias do governo, e para o extinção gradual mas certa da dívida pública.

9. Resolvido, Que o Congresso não tem poder para fundar um Banco Nacional que acreditamos ser uma instituição de hostilidade mortal aos melhores interesses do país, perigosa para nossas instituições republicanas e as liberdades do povo, e calculada para colocar os negócios do país sob o controle de um poder monetário concentrado, e acima das leis e da vontade do povo e que os resultados da legislação democrática, nesta e em todas as outras medidas financeiras, sobre as quais foram feitas questões entre os dois partidos políticos do país , demonstraram a homens honestos e práticos de todas as partes, sua solidez, segurança e utilidade em todas as atividades comerciais.

10. Resolvido, Que a separação do dinheiro do governo das instituições bancárias é indispensável para a segurança dos fundos do governo e dos direitos do povo.

11. Resolvido, Que os princípios liberais incorporados por Jefferson na Declaração de Independência e sancionados na constituição, que faz da nossa a terra da liberdade e do asilo dos oprimidos de todas as nações, sempre foram princípios fundamentais na fé democrática e em todas as tentativas de abreviar o privilégio de nos tornarmos cidadãos e donos do solo entre nós, deve-se resistir com o mesmo espírito que varreu as leis estrangeiras e de sedição de nosso estatuto.

12. Resolvido, Que o Congresso não tem poder de acordo com a constituição para interferir ou controlar as instituições domésticas dos vários estados, e que tais estados são os juízes únicos e adequados de tudo o que diz respeito aos seus próprios assuntos, não sendo proibido pela constituição que todos os esforços dos Abolicionistas ou outros, feitos para induzir o Congresso a interferir nas questões da escravidão, ou a dar passos incipientes em relação a isso, são calculados para levar às consequências mais alarmantes e perigosas e que todos esses esforços têm uma tendência inevitável de diminuir a felicidade do povo e põem em perigo a estabilidade e permanência da União, e não deve ser apoiada por nenhum amigo das nossas instituições políticas.

13. Resolvido, That the foregoing proposition covers, and is intended to embrace, the whole subject of slavery agitation in Congress and therefore the Democratic party of the Union, standing on this national platform, will abide by, and adhere to, a faithful execution of the acts known as the Compromise measures settled by the last Congress, “the act for reclaiming fugitives from service or labor” included which act, being designed to carry out an express provision of the constitution, can not, with fidelity thereto, be repealed, nor so changed as to destroy or impair its efficiency.

14. Resolved, That the Democratic party will resist all attempts at renewing in Congress, or out of it, the agitation of the slavery question, under whatever shape or color the attempt may be made.

[Here resolutions 13 and 14, of the platform of 1848, were inserted.]

17. Resolved, That the Democratic party will faithfully abide by and uphold the principles laid down in the Kentucky and Virginia resolutions of 1792 and 1798, and in the report of Mr. Madison to the Virginia Legislature in 1799 that it adopts those principles as constituting one of the main foundations of its political creed, and is resolved to carry them out in their obvious meaning and import.

18. Resolved, That the war with Mexico, upon all the principles of patriotism and the law of nations, was a just and necessary war on our part, in which no American citizen should have shown himself opposed to his country, and neither morally nor physically, by word or deed, given aid and comfort to the enemy.

19. Resolved, That we rejoice at the restoration of friendly relations with our sister Republic of Mexico, and earnestly desire for her all the blessings and prosperity which we enjoy under republican institutions, and we congratulate the American people on the results of that war which have so manifestly justified the policy and conduct of the Democratic party, and insured to the United States indemnity for the past and security for the future.

20. Resolved, That, in view of the condition of popular institutions in the old world, a high and sacred duty is devolved with increased responsibility upon the Democracy of this country, as the party of the people, to uphold and maintain the rights of every state, and thereby the union of states, and to sustain and advance among them constitutional liberty, by continuing to resist all monopolies and exclusive legislation for the benefit of the few at the expense of the many, and by a vigilant and constant adherence to those principles and compromises of the constitution which are broad enough and strong enough to embrace and uphold the Union as it is, and the Union as it should be, in the full expansion of the energies and capacity of this great and progressive people.


1852 DEMOCRATIC NATIONAL CONVENTION

Biden has delivered on a number of his biggest campaign pledges focused on climate change and the economy as well. But some issues have pro.

US presidential inauguration is typically a joyous event full of pomp and circumstance, but this year, the Mall will be shut down to visito.

Many Democrats, including Biden himself, have cast this election as a stark, almost existential choice, with democracy itself on the ballot.

Should the Biden ticket win, Kamala Harris will make history as the first Indian and Black American woman Vice President of the United Stat.

Titled "4 More Years", the 107-second video starts with footage of Modi and Trump walking hand-in-hand at the NRG Stadium in Houston during.

The August 22 shooting of Jacob Blake in front of three of his children turned Kenosha, a mostly white city south of Milwaukee, into the la.

The first night of the RNC attracted 17 million viewers across 11 TV networks, a 26% decline from the same night in 2016.

"To everyone celebrating the Hindu festival of Ganesh Chaturthi in the US, India, and around the world, may you overcome all obstacles, be .

Ten weeks out from Election Day, as the coronavirus pandemic has ravaged Trump's reelection chances, aides have recognized that a vote on h.

The night's keynote address was the speech of a lifetime for Biden, who at 77 would be the oldest president ever elected if he defeats Dona.

Democratic presidential nominee Joe Biden and other top leaders have praised the party's Indian-origin vice-presidential nominee Kamala Har.

Harris, 55, scripted history on Wednesday by becoming the first Black and Indian descent individual to be nominated as a vice-presidential .

While the Trump campaign promises that re-electing President Donald Trump will "reduce obstacles to religious freedoms" for Hindus in Ameri.

Black voters, especially women, are a critical part of the Democratic coalition and could sway the results in critical states such as Michi.

Bill Clinton said a presidential election is the world's most important job interview and this year the election is a &ldquotall order&rdquo given th.

The former first lady outlined dire stakes for the election ahead, declaring President Donald Trump "in over his head" and the "wrong presi.

On Tuesday, Trump will take on Biden over his immigration policies during a visit to Yuma, Arizona. He is also set to travel to Pennsylvani.

Born to a Jamaican father and an Indian mother, Harris was also the district attorney for San Francisco -- the first woman and first Africa.

Trump last week briefly demonstrated the kind of responsible leadership swing voters have craved. He signaled new public support for masks.


The Convention

As Democrats convened in Baltimore in June 1852, four major candidates vied for the nomination- Lewis Cass of Michigan, the nominee in 1848, who had the backing of northerners in support of the Compromise of 1850 James Buchanan of Pennsylvania, popular in the South as well as in his home state Stephen A. Douglas of Illinois, candidate of the expansionists and the railroad interests and William L. Marcy of New York, whose strength was centered in his home state. Throughout the balloting, numerous favorite son candidates received a few votes.

Cass led on the first 19 ballots, with Buchanan second, and Douglas and Marcy exchanging third and fourth places. Buchanan took the lead on the 20th ballot and retained it on each of the next nine tallies. Douglas managed a narrow lead on the 30th and 31st ballots. Cass then recaptured first placed through the 44th ballot. Marcy carried the next four ballots. Franklin Pierce of New Hampshire, a former Congressman and Senator, did not get on the board until the 35th ballot, when the Virginia delegation brought him forward as a compromise choice. He consolidated his support in subsequent voting and was nominated nearly unanimously on the 49th ballot. [1]

In a peace gesture to the Buchanan wing of the party, Pierce's supporters allowed Buchanan's allies to fill the second position, knowing that they would select Alabama Senator William R. King. On the second ballot, with only minor opposition, King finally obtained the Democratic Vice Presidential nomination. During the ensuing campaign, King's tuberculosis, which he believed he had contracted while in Paris, denied him the active behind-the-scenes role that he might otherwise have played, although he worked hard to assure his region's voters that New Hampshire's Pierce was a "northern man with southern principles."


1852 Democratic Convention - History

The Wilmot Proviso and the growth of the Free Soil Party increased the tensions between the free states and the slave states. Early in Taylor’s term as President, he encouraged the residents of the newly acquired California area to apply for statehood. The slave states did not wish to add another free state, which would upset the balance in the U.S. Senate. However, Taylor submitted the proposed California constitution to Congress. The slave states opposed the measure. Henry Clay offered a compromise which would admit California as a free state, prohibit the slave trade in DC, strengthen the fugitive slave law, and transfer the public debt of the Texan Republic to the federal government. While the compromise was being debated, Pres. Taylor died.

Taylor’s successor, Millard Fillmore, signed the Compromise of 1850 when it was passed by Congress. The nation was bitterly divided. The new Fugitive Slave Law was unacceptable to the Liberty and Free Soil men the addition of two additional free state Senators was unacceptable to the South. Several southern states considered secession, but the movement fizzled when a secession convention in Georgia came under the control of Unionists.

The 1852 Democratic National Convention met in Baltimore in late spring. There were four major contenders: Lewis Cass, James Buchanan, William L. Marcy and Stephen A. Douglas. Cass led on the first ballot, with Buchanan a close second. During the next day additional ballots were cast Buch

The Wilmot Proviso and the growth of the Free Soil Party increased the tensions between the free states and the slave states. Early in Taylor’s term as President, he encouraged the residents of the newly acquired California area to apply for statehood. The slave states did not wish to add another free state, which would upset the balance in the U.S. Senate. However, Taylor submitted the proposed California constitution to Congress. The slave states opposed the measure. Henry Clay offered a compromise which would admit California as a free state, prohibit the slave trade in DC, strengthen the fugitive slave law, and transfer the public debt of the Texan Republic to the federal government. While the compromise was being debated, Pres. Taylor died.

Taylor’s successor, Millard Fillmore, signed the Compromise of 1850 when it was passed by Congress. The nation was bitterly divided. The new Fugitive Slave Law was unacceptable to the Liberty and Free Soil men the addition of two additional free state Senators was unacceptable to the South. Several southern states considered secession, but the movement fizzled when a secession convention in Georgia came under the control of Unionists.

The 1852 Democratic National Convention met in Baltimore in late spring. There were four major contenders: Lewis Cass, James Buchanan, William L. Marcy and Stephen A. Douglas. Cass led on the first ballot, with Buchanan a close second. During the next day additional ballots were cast Buchanan overtook Cass on the 10th ballot. It was the first time that a convention required more than ten ballots to nominate a candidate. The Democrats were badly divided the South supported Buchanan while the North was shifting its votes to Douglas. Finally the convention turned to Franklin Pierce NH as a compromise candidate.

The Whigs were badly divided as well. Pres. Fillmore was hampered by his support of the Compromise of 1850. The northern states supported Winfield Scott (except New England, which supported Daniel Webster). Fillmore and Scott were about tied on the first ballot. As with the Democrats, ballot after ballot were taken with little change in the result. After the 48th ballot, however, it was obvious that Scott would gather the needed delegates. He finally succeeded on the 53d ballot.

The Whig Party failed to follow the lead of the Democrats in turning to a compromise candidate, and it suffered for its obtinateness. The Whig Party in several Southern states began to disintegrate in Georgia, independent Whigs sponsored Daniel Webster for President as an alternative to Scott, the choice of the northern opponents of the Fugitive Slave Law. The Whig vote in Alabama and Georgia was cut in half.

Franklin Pierce won an impressive victory at the polls. He carried every region in the nation, receiving an electoral vote margin of 254-42. In addition, the Free Soil vote was drastically reduced. It was the last time that either the Whigs or the Free Soilers offered a ticket in a presidential election.


1852 Democratic Convention - History

Resuming his re-election campaign from the battle ground State of Florida on Monday, Trump who is trailing behind his Democratic rival Bide.

Describing the November 3 election as a "matter of economic survival", Trump said that the country was doing great on economic front before.

The Democrats got the message and can see the chink in their armour. Biden is suddenly more vocal in condemning the violence that has engul.

The money was raised in conjunction with the Democratic National Committee. While candidates face a $2,800 limit, Biden can raise far more .

"Biden's record is a shameful roll call of the most catastrophic betrayals and blunders in our lifetime. He has spent his entire career on .

Republican delegates from across the country have re-nominated Trump and Pence for the November 3 election. They will be challenged by Joe .

Haley, who was the former US Ambassador to the United Nations, on the first day of the Republican National Convention (RNC) warned American.

Trump has sought to minimize the toll of the pandemic, but its impact was evident as proceedings began in Charlotte. Instead of the thousan.

Biden spoke from a stage in a near-empty auditorium. The unusual setting let the former vice president play to his strengths as a retail po.

Biden, 77, and Harris, 55, will challenge President Trump and Vice President Mike Pence in the November 3 presidential polls. Biden was off.

Democrats formally nominated Joe Biden as their 2020 presidential nominee on Tuesday night, as party officials and activists from across th.

Indians for Biden National Council will mobilise Indian-Americans of all faiths and backgrounds for the Biden-Harris campaign and to get ot.

Trump says the idea is well within the law. "It is legal. There is no Hatch Act because it doesn't pertain to the president," Trump said We.

Green Card, known officially as a Permanent Resident Card, is a document issued to immigrants to the US as evidence that the bearer has bee.

Commissioner Andrew Spano said he worried about potentially forcing voters and poll workers to choose between their democratic duty and the.

Sanders' rivals joined in savaging the self-described democratic socialist as too radical to appeal to a broad swathe of Americans. Sanders.

WASHINGTON (AP) &mdash If there's a common buzzword in Democratic circles as Election Day nears, its authenticity. Think of it as a push to pres.


Assista o vídeo: Importância Convenção OIT 169 para Proteção dos Direitos Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais