O Four Seasons ganhou seu primeiro hit # 1 com "Sherry"

O Four Seasons ganhou seu primeiro hit # 1 com

Frankie Valli (nascido Francis Casteluccio) trabalhou arduamente tentando se tornar uma estrela por quase uma década, antes que o Four Seasons conseguisse sua descoberta. Eles haviam se reunido como um grupo em vários estágios nos quatro anos anteriores, mudando seu nome em 1961 de Four Lovers depois de falhar em um teste em uma pista de boliche de Nova Jersey chamada The Four Seasons. Foi o tecladista Bob Gaudio quem escreveu a música que lançaria a carreira do grupo. Mais tarde ele disse Painel publicitário revista que ele tocou “Sherry” 15 minutos antes de um ensaio agendado. Sem um gravador, Gaudio explicou: “Eu dirigi para ensaiar cantarolando, tentando manter isso na minha mente. Não tinha intenção de manter as letras, [mas] para minha surpresa, todos gostaram, então não mudamos nada. ”

“Sherry” foi lançado como single em agosto de 1962 e chegou ao topo das paradas pop apenas quatro semanas depois, em 15 de setembro. Nos seis meses seguintes, o Four Seasons ganharia mais dois hits # 1 com “Big Girls Don't Cry” e “Walk Like A Man”, tornando-os o único grupo americano a ganhar três sucessos consecutivos em primeiro lugar. "Rag Doll" deu ao grupo seu quarto # 1 no verão de 1964, e muitos outros sucessos no Top 40 seguiram nos 12 anos subsequentes antes do Four Seasons retornar triunfante ao topo das paradas pop com seu quinto hit # 1 “Dezembro de 1963 (Oh, What A Night)” em março de 1976.


The Four Seasons (banda)

As quatro estações é uma banda de rock americana que se tornou um sucesso internacional nas décadas de 1960 e 1970. Desde 1970, eles também são conhecidos às vezes como Frankie Valli e as Quatro Estações. Em 1960, a banda conhecida como Four Lovers evoluiu para Four Seasons, com Frankie Valli como vocalista, Bob Gaudio (ex-Royal Teens) nos teclados e vocais tenor, Tommy DeVito na guitarra solo e vocais de barítono e Nick Massi no baixo elétrico e vocais de baixo. Em quase todos os sucessos da década de 1960, eles foram creditados como 4 Seasons.

O nome legal da organização é Four Seasons Partnership, formada por Gaudio e Valli, e foi tirada após uma audição fracassada em 1960. Enquanto os membros da banda iam e vinham, Gaudio e Valli permanecem a constante da banda (com cada um possuindo cinquenta por cento do ato e seus ativos, incluindo virtualmente todos os seus catálogo de gravação). [1] [2] Gaudio não toca mais ao vivo, deixando Valli como o único membro da banda desde o seu início que está em turnê em 2019 [atualização]. [3]

O Four Seasons foi uma das duas únicas bandas americanas (a outra sendo os Beach Boys) a desfrutar de um sucesso substancial nas paradas antes, durante e depois da Invasão Britânica. [4] A formação original da banda foi incluída no Rock and Roll Hall of Fame em 1990, [5] e se juntou ao Vocal Group Hall of Fame em 1999. [6] Eles são um dos grupos musicais mais vendidos de o tempo todo, tendo vendido cerca de 100 milhões de discos em todo o mundo. [3]


Quais são algumas informações sobre a vida pessoal de Frankie Valli e # 39s?

Frankie Valli, cujo nome verdadeiro é Francesco Stephen Castelluccio, nasceu em 3 de maio de 1934 em Newark, New Jersey, em uma família ítalo-americana. Seu pai era um barbeiro chamado Anthony Castelluccio e sua mãe, Mary Rinaldi, trabalhava para uma cervejaria. Valli se inspirou para se tornar um cantor depois que sua mãe o levou para ver um show de Frank Sinatra em Nova York quando ele tinha 7 anos.

Antes de se tornar famoso como vocalista, Frankie Valli trabalhou como barbeiro. Ainda jovem, decidiu mudar seu sobrenome para "Valli" em homenagem ao seu mentor musical, "Texas" Jean Valley.

Seu primeiro grupo musical, o Variety Trio, foi formado em 1951. Quando eles se separaram no ano seguinte, Valli se juntou a outro grupo chamado The Four Lovers, que acabou se tornando The Four Seasons em 1961 após várias mudanças na formação. O Four Seasons se tornou um grupo pop de sucesso na década de 1960, começando com seu sucesso de 1962 "Sherry", que terminou em primeiro lugar nas paradas pop e R & ampB da Billboard.

Além de sua longa carreira musical, Valli também apareceu em vários programas de televisão, incluindo "Miami Vice" e "The Sopranos". O musical da Broadway "Jersey Boys", apresentado pela primeira vez em 2005, conta a história de Frankie Valli e as Quatro Estações.


Frankie Valli e as Quatro Estações - Mira Sound Sessions - Parte 2

O Four Seasons é uma banda americana de rock e pop que se tornou um sucesso internacional em meados da década de 1960. O Vocal Group Hall of Fame afirmou que o grupo era a banda de rock mais popular antes dos Beatles. Desde 1970, eles são conhecidos como Frankie Valli & The 4 Seasons, Frankie Valli e The Four Seasons, ou simplesmente The Four Seasons.

Em 1960, o grupo conhecido como The Four Lovers evoluiu para The Four Seasons, com Frankie Valli como vocalista, Bob Gaudio (ex-The Royal Teens) nos teclados e vocais tenor, Tommy DeVito na guitarra solo e vocais de barítono e Nick Massi no baixo e baixo vocal.

O nome legal da organização é Four Seasons Partnership, formada por Gaudio e Valli após uma audição fracassada em 1960. Enquanto cantores, produtores e músicos iam e vinham, Gaudio e Valli permanecem a constante do grupo (com cada um possuindo cinquenta por cento da o ato e seus ativos, incluindo virtualmente todo o seu catálogo de gravações). Gaudio não toca mais ao vivo, deixando Valli o único membro do grupo desde o início que está em turnê. Os Four Seasons (membros do grupo 1960-1965) foram introduzidos no Rock and Roll Hall of Fame em 1990, e juntou-se ao Vocal Group Hall of Fame em 1999. Eles são um dos grupos musicais mais vendidos de todos os tempos, tendo vendeu 175 milhões de registros em todo o mundo.

O Four Seasons lançou seu primeiro single em 1961 ("Bermuda" / "Spanish Lace" na Gone Records). O single não apareceu no gráfico. O grupo começou a trabalhar com o produtor Bob Crewe como vocalistas de fundo, e às vezes lidera com nomes de grupos diferentes, para suas produções em seu próprio selo Topix. Bob Gaudio acabou escrevendo uma canção que, após alguma discussão entre Crewe e Gaudio, foi intitulada "Sherry". A canção foi gravada e Crewe, junto com os membros do grupo, procurou gravadoras para lançar o álbum. Foi Frankie Valli quem falou com Randy Wood, gerente de vendas da costa oeste da Vee Jay (não o fundador da Dot Records) que, por sua vez, sugeriu o lançamento de "Sherry" para os tomadores de decisão da Vee Jay. "Sherry" impressionou o suficiente para que Crewe pudesse assinar um acordo entre sua produtora e Vee Jay para seu lançamento. Na época, The 4 Seasons foi contratado, como artistas, pela produtora de Crewe. Eles foram os primeiros artistas brancos a assinar com Vee-Jay.

Em 1962, o grupo lançou seu primeiro álbum, apresentando o single "Sherry", que não foi apenas seu primeiro sucesso, mas também sua primeira música número um. Sob a orientação do produtor / compositor Bob Crewe, The Four Seasons seguiu "Sherry" com vários milhões de sucessos vendidos, incluindo "Big Girls Don't Cry" (seu segundo hit # 1), "Walk Like a Man" (seu terceiro # 1), "Candy Girl", "Ain't That a Shame" e vários outros. Além disso, eles lançaram um álbum de Natal em dezembro de 1962 com uma versão única de "Santa Claus Is Coming to Town".

De 1962 ao início de 1964, apenas os Beach Boys igualaram o Four Seasons em vendas de discos nos Estados Unidos, e seus três primeiros lançamentos de single fora do feriado de Vee-Jay marcaram a primeira vez que uma banda de rock atingiu o primeiro lugar nas paradas de singles da Billboard com três entradas consecutivas (ignorando sua versão de "Papai Noel está vindo para a cidade").

Abaixo está uma coleção de sessões de "Frankie Valli e as Quatro Estações" que aconteceram no Mira Sound Studios, NY durante os anos 60. Palavras não podem começar a descrever esta coleção impressionante de música e história da gravação. Cortesia do texto básico da Wikipedia. Todas as fotos são cortesia de George Schowerer, engenheiro.


Jersey Boys (2014)

sim. Vários membros do Four Seasons estiveram atrás das grades uma vez ou outra, principalmente Tommy DeVito e Nick Massi. Tommy DeVito, interpretado por Vincent Piazza no filme, entrava e saía da prisão. “Sim, fui para a prisão sete ou oito vezes”, diz DeVito. "Não tenho orgulho disso, mas não tenho vergonha disso. Meu bairro era difícil. Se você sair vivo, é uma conquista." -Vegas Seven

A mídia nunca percebeu a história sórdida do grupo, um detalhe que na década de 1960 provavelmente os teria impedido de se tornarem estrelas. Em vez disso, a banda apresentou uma imagem limpa que o público mainstream abraçou sem hesitação. “Estávamos com tanto medo de que se alguém descobrisse que tínhamos membros que haviam cumprido pena, rádios e gravadoras não teriam nada a ver conosco”, diz o verdadeiro Frankie Valli. -Parade Magazine

Eles realmente mudaram o nome de seu grupo para The Four Seasons depois de ver o nome em uma placa de boliche?

sim. Como no Jersey Boys filme, a verdadeira história revela que eles criaram o nome após um teste para um show em um salão de coquetéis em uma grande pista de boliche suburbana em Union, New Jersey, no início de 1961. Eles foram recusados ​​para o trabalho, mas decidiram usar o nome de lounge como seu novo apelido.

Frankie Valli e Tommy DeVito eram realmente amigos do mafioso Angelo "Gyp" DeCarlo?

sim. “Conheci esses caras porque eram donos dos bares”, diz Valli. "Eles não me ligaram para dizer: 'Ei, aqui está o que faremos na próxima semana!'" Frankie diz que enquanto tocava naqueles bares ganhava mais com gorjetas do que com seu salário. As maiores dicas vieram de caras como Gyp DeCarlo, que Frankie diz ser como um pai para ele. "Ele sempre disse: 'Fique longe de problemas. Não entre em nenhuma gangue.'" -Parade Magazine

"Eu nunca fiz parte da máfia", diz o verdadeiro Tommy DeVito, apesar de também admitir, como Valli, que Gyp DeCarlo era um "amigo muito, muito bom" (Vegas Seven) "Eles podem ter me pedido para tocar em uma festa privada ou algo assim, mas me pagaram por isso. A maioria me pediram para fazer benefícios. Essa foi a extensão da conexão, mas naturalmente eles colocaram na peça [e no filme] para mostrar que tive problemas. " -Las Vegas Sun

Tommy DeVito era realmente um colega de quarto impuro que fazia xixi na pia?

Eles realmente foram presos em Cleveland por pularem na conta de um hotel?

Como você pode ver na foto de Frankie Valli, a prisão em 1965 por pular na conta de um hotel no ano anterior provavelmente ocorreu. No entanto, a maioria das pessoas de Ohio rapidamente apontará que a prisão não poderia ter acontecido em Cleveland, uma vez que a Feira do Estado de Ohio é realizada em Columbus.

Uma reportagem da Associated Press publicada em The Plain Dealer descreve o que realmente aconteceu. Na segunda-feira do Dia do Trabalho (não sexta-feira), 6 de setembro de 1965, três membros do The Four Seasons, incluindo Frankie Valli, Bob Gaudio e Tommy DeVito, foram presos na feira. A polícia os transportou para Springfield. Lá, eles foram acusados ​​de "fraudar [um] estalajadeiro" ao deixar a cidade sem pagar sua conta de $ 375 (não $ 120) no Springfield Holiday Inn em julho de 1964. Eles foram soltos mais tarde naquela noite, por volta das 21h, cada um com fiança de $ 500. . As cobranças foram retiradas em 17 de setembro de 1965, provavelmente porque eles haviam quitado sua dívida com o hotel.

A filha de Frankie Valli realmente morreu?

Sim, como no Jersey Boys No filme, a história verdadeira confirma que a filha de Frankie Valli, Francine, morreu de overdose de drogas em 1980, que a família acredita não ter sido intencional. O que não está incluído no filme é o fato de ele ter perdido duas filhas naquele ano. Além de Francine, sua enteada Celia havia morrido no início daquele ano. Depois de descobrir que estava trancada do lado de fora de seu apartamento em Nova York, Celia caiu de uma escada de incêndio enquanto tentava entrar. -Mail Online

Os atores eram realmente aqueles que cantavam no filme?

sim. “Os atores estão cantando. Fizemos tudo ao vivo”, diz o diretor Clint Eastwood. "Tínhamos um pequeno grupo tocando nos bastidores e uma empresa que fazia tudo ao vivo." -The Tonight Show, estrelado por Jimmy Fallon

Tommy DeVito realmente contraiu uma grande dívida com a máfia?

Tommy DeVito foi realmente expulso do The Four Seasons e forçado a ir morar em Las Vegas?

Aqui o Jersey Boys A verdadeira história contradiz o filme, pelo menos de acordo com o verdadeiro Tommy DeVito. O filme mostra a multidão forçando Tommy DeVito a ir morar em Las Vegas, expulsando-o da banda. De acordo com Tommy, ele saiu por outros motivos. “Eu estava farto de viajar e trocar de roupa três vezes por dia, pegar dois aviões e dirigir 160 quilômetros para fazer um encontro”, diz DeVito. "Subir no palco e fazer as mesmas coisas - eu simplesmente consegui." -Las Vegas Review-Journal

Durante uma entrevista com The Star-Ledger, DeVito comentou sobre a descrição do filme de sua partida. "Você vai me forçar a ter uma ótima vida em Las Vegas, ao sol, e se eu fosse um jogador, por que você me mandaria para Las Vegas?" DeVito se mudou para Las Vegas em 1970. Mesmo assim, ele afirma que o fez por sua própria vontade, enquanto o filme argumenta que a multidão poderia ficar de olho nele lá. O filme falha em apontar que DeVito tinha vários irmãos morando em Vegas na época.

Todos os atores do Jersey Boys filme também estrela no musical?

Não. Vincent Piazza, mais conhecido por interpretar Lucky Luciano na série de TV da HBO Boardwalk Empire, não tinha estrelado no Jersey Boys musical. Piazza retrata Tommy DeVito no filme, o guitarrista da banda. “Inicialmente, fiquei apavorado”, diz Piazza, “e questionando realisticamente que estaria tão iludido [a ponto de] pensar que em 30 a 45 dias, eu poderia de repente adquirir esse talento oculto [para] conviver com uma harmonia em quatro partes com esses caras incrivelmente talentosos. Então, eu estava com um pouco de medo no início, mas abracei o personagem que estava interpretando, Tommy. " Os três atores restantes que interpretam os membros da banda no filme, John Lloyd Young, Erich Bergen e Michael Lomenda, estrelaram o musical. -EW.com

O diretor Clint Eastwood tem uma participação especial em Jersey Boys?

Dê uma olhada mais de perto no Jersey Boys história verdadeira com esta coleção de entrevistas de Frankie Valli e videoclipes do The Four Seasons. Ouça a verdadeira banda do Four Seasons apresentar seus sucessos, incluindo Xerez, Ande como um homem e Quem te ama.

Frankie Valley explica como os escritores criaram o conceito do musical, que é contado a partir de quatro pontos de vista (ou temporadas) diferentes. Frankie fala sobre como compartilhar a história verdadeira, certificando-se de não ofender ninguém envolvido. As primeiras imagens de Frankie Valli e seus companheiros de banda são mostradas.

Frankie Valli e The Four Seasons apresentam seu hit "Big Girls Don't Cry" ao vivo na TV em 1962. Valli se apresenta ao lado de seus colegas de banda Tommy DeVito, Nick Massi e Bob Gaudio. Como no Jersey Boys filme, Gaudio diz que criou a música enquanto assistia ao filme Rhonda Fleming / Ronald Reagan de 1955 Parceiro do Tennessee. No filme, a personagem de Fleming leva um tapa na cara, ao que ela responde: "Garotas grandes não choram".

Assista ao videoclipe do Four Seasons "Walk Like a Man" de 1963. Ele apresenta o quarteto cantando em um salão de dança com vista para uma variedade interessante de fãs enérgicos soltando movimentos de dança que só poderiam ter surgido na década de 1960. Durante as sessões de gravação que produziram a canção de sucesso, o produtor Bob Crewe não parou por nada para a tomada perfeita. Depois de perceber que um incêndio havia começado na sala acima do estúdio, ele bloqueou a porta do estúdio e continuou a gravar até que os bombeiros tiveram que forçar a entrada e puxar Crewe para fora.

Frankie Valli e o Four Seasons apresentam uma performance de TV ao vivo de "Working My Way Back to You" em 1966. A performance vem após a mudança de rótulo de 1964 e a saída de 1965 do baixista Nick Massi, retratado no Jersey Boys filme. A música é sobre um homem que traiu sua namorada e a colocou em um turbilhão emocional. Depois que ela vai embora, ele percebe que ainda a ama e tenta reconquistar seu afeto.

Frankie Valli e o vídeo "Who Loves You" do The Four Seasons com Valli nos vocais principais, John Paiva na guitarra, Gerry Polci na bateria e Don Ciccone no baixo. O videoclipe "Who Loves You" foi gravado em 1975 e fornece uma boa visão de como a aparência da banda mudou ao longo dos anos. A música foi usada no trailer do Jersey Boys filme.

Os Four Seasons tocam "December, 1963 (Oh, What a Night)" em 1975. O baterista Gerry Polci executa os vocais principais com Frankie Valli como suporte. A canção foi escrita pelo membro da banda Bob Gaudio e sua eventual esposa Judy Parker. Originalmente, tinha o título de "5 de dezembro de 1933" e defendia a revogação da proibição. A pedido de Frankie Valli e Parker, Gaudio reescreveu a letra para ser uma canção nostálgica sobre um homem relembrando seu primeiro encontro íntimo com uma mulher.

Dick Clark entrevista Frankie Valli no Coreto Americano Programa de TV em 1978. Frankie fala sobre o futuro, como ele continuou sendo um sucesso, trocando de gravadora e seu conhecimento do mundo da música.

Frankie Valli e The Four Seasons tocam "Sherry", seu primeiro single lançado nacionalmente e seu primeiro hit número um na Billboard Hot 100 dos EUA. O líder das paradas de 1962 permaneceu em primeiro lugar por cinco semanas consecutivas. Aqui, Frankie Valli executa "Sherry" em concerto.

Clint Eastwood dirige esta adaptação do musical da Broadway Jersey Boys, que narra a ascensão e queda do grupo musical dos anos 1960 The Four Seasons. O membro do elenco da Broadway, John Lloyd Young, repete seu papel como Frankie Valli e Vincent Piazza interpretando o colega de banda Tommy DeVito.


Antecedentes e início de carreira

Francesco Stephen Castelluccio nasceu em 3 de maio de 1934, em Newark, New Jersey, em uma família italiana de classe trabalhadora. Sua mãe nutriu seu amor pela música desde jovem, e ele foi influenciado por jazz, doo-wop e soul, junto com artistas como The Drifters, Rose Murphy e Frank Sinatra. & # XA0

O jovem & # xA0Castelluccio & # xA0 ouvia alguns de seus cantores favoritos no & # xA0record em casa e depois praticava o que & # x2019 tinha ouvido. Percebendo que precisava de um nome artístico, ele mudou Castelluccio para & # xA0 & # x201CValley & # x201D e, eventualmente, & # x201CValli, & # x201D após amigo e & # xA0 cantor country Texas Jean Valli.


Quão preciso é Jersey Boys?

O que é fato e o que é ficção em Jersey Boys? Nós dividimos isso.

Foto cortesia da Warner Bros. Entertainment Inc.

O mais recente esforço de direção de Clint Eastwood, o seguimento de 2011 J. Edgar, adapta o musical vencedor do Tony Award Jersey Boys, trazendo o sucesso da Broadway para as telas de cinema pela primeira vez. Tanto o musical quanto o filme contam a história da ascensão do Four Seasons ao estrelato na década de 1960 com uma série de singles número 1, incluindo "Sherry", "Big Girls Don't Cry" e "Walk Like a Man. ” Como no musical, todas as músicas favoritas dos fãs estão incluídas no filme - assim como a surpreendente relação do grupo com a máfia italiana.

Mas quão fiel à história do Four Seasons é a interpretação de Eastwood? Na maior parte, não se afasta muito do musical ou da verdadeira história em que se baseia. (Marshall Brickman e Rick Elice, que escreveu o musical, também escreveram o roteiro do filme.) Mas ele toma algumas liberdades com o musical, que por si só fez muito do que o membro da banda original Bob Gaudio chama de "justaposição". Abaixo, dividimos o que é fato e o que é ficção - e você pode não acreditar no que é realmente verdade. (Observação: se você não está familiarizado com a história das Quatro Estações, esta postagem estraga alguns dos principais eventos do filme.)

Rise to Fame

(Esquerda) Foto de Erich Bergen em Jersey Boys (2014). (À direita) Bob Gaudio do The Four Seasons em 1966.

(Esquerda) Foto cedida por Warner Bros. Entertainment Inc. (Direita) Foto cedida por Philips Records / Wikimedia Commons

Antes de The Four Seasons se tornarem The Four Seasons, eles se apresentavam sob muitos apelidos diferentes, mais notavelmente como The Four Lovers, em clubes locais de Nova Jersey como The Strand, como visto no início do filme. E um movimento chave que ajudou a banda a decolar foi a adição de Bob Gaudio, um compositor que ganhou alguma popularidade com "Short Shorts" de 1957. No filme, Joe Pesci (o mesmo Joe Pesci que estrelou Bons companheiros e Meu primo vinny, embora ele seja interpretado aqui por Joseph Russo) incomoda Tommy DeVito em uma pista de boliche sobre Gaudio, que ele afirma ter descoberto, insistindo que o grupo se encontre com ele. Por mais inacreditável que tudo possa parecer, Pesci é realmente um nativo de Nova Jersey e foi um amigo de longa data do grupo em seus primeiros anos. E ele na verdade era responsável por Gaudio se juntar ao que se tornou o Four Seasons e até mesmo apareceu no palco no Tony Awards de 2006 com os membros sobreviventes do grupo para lembrar o público desse ponto.

Não muito depois, vemos a banda do lado de fora de uma pista de boliche - tendo acabado de ser rejeitada em um show lá - discutindo sobre seu nome. De repente, o letreiro de néon do beco anteriormente quebrado acende para revelar o nome The Four Seasons, e os caras têm uma epifania coletiva de que esse será o nome sob o qual eles se apresentarão a partir desse ponto. É certo que soa como um enredo extravagante destinado a seguir para o capítulo de sucesso da história, mas eles realmente tiraram seu nome daquela pista de boliche. (Não de Vivaldi, como você pode supor.)

Bob Crewe (Mike Doyle)

(À direita) Foto cortesia de Warner Bros. Entertainment Inc. (À esquerda) Foto cortesia de George Schowerer / History of Recording (http://www.historyofrecording.com/Bob_Crewe.html)

O ponto de virada do filme para a carreira dos Quatro Amantes acontece quando Valli e Gaudio pulam a proposta de DeVito para uma fuga em Atlantic City para um trabalho pesado promovendo suas demos em estações de rádio na cidade de Nova York. Lá, no Brill Building, depois de várias portas batidas, a dupla esbarrou no produtor musical e compositor Bob Crewe. Impressionado com seu potencial, ele assina um contrato de um ano com a banda gravando back-up vocals para seus cantores solo e ajuda a refinar a composição de Gaudio até que ele entregue um hit bom o suficiente como "Sherry" para promover o grupo como banda principal. (Essa parte confere.)

O tempo todo, Crewe é retratado como extravagante, e o filme enfatiza - por meio de algumas piadas não muito sutis (ou engraçadas) de Liberace e do comentário sarcástico de DeVito sobre vê-lo com outro homem - que ele é gay. O Bob Crewe da vida real, agora com 82 anos, se identifica abertamente como bissexual, de acordo com o ator Jonathan Hadley, que o interpreta no musical. Hadley também disse ao Washington Blade, “Hoje identificaríamos Bob Crewe como um homem gay”, explicando: “Ele namorava mulheres, mas tinha namorados”. Hadley disse ainda que "Não consigo tirar meus olhos de você", que Crewe co-escreveu, era sobre o namorado de Crewe.

Angelo “Gyp” DeCarlo (Christopher Walken)

Esquerda: Foto cortesia da Warner Bros. Entertainment Inc. À direita: Foto cortesia de Mobsters in Black and White.

Durante as décadas de 1950 e 1960, em Newark, a cidade natal do Four Seasons, a máfia italiana e outras redes de crime organizado dominavam as ruas da cidade. Naquela época, era fácil para qualquer pessoa, mesmo um cantor de boas maneiras como Valli, se envolver em seu trabalho sujo - especialmente com Tommy DeVito, que tinha uma longa ficha criminal e passou um tempo na prisão, em seu círculo íntimo. No início do filme, DeVito é visto trabalhando meio período como motorista de Angelo “Gyp” DeCarlo (Christopher Walken), um membro poderoso da família do crime genovês e um confidente próximo dele. A partir daí, Gyp aparece com frequência para salvar Valli e DeVito de qualquer buraco incrivelmente profundo que eles cavaram para si próprios. Mas qual foi o verdadeiro papel de Gyp na carreira do grupo?


Conteúdo

Edição dos primeiros anos

Todos os quatro membros do grupo começaram suas carreiras juntos enquanto eram alunos do ensino médio em Detroit. Por insistência de seus amigos, os alunos da Pershing High, Levi Stubbs e Abdul "Duke" Fakir, se apresentaram com Renaldo "Obie" Benson e Lawrence Payton da Northern High em uma festa de aniversário local. O quarteto decidiu permanecer junto e nomeou o grupo de Quatro Objetivos. Com a ajuda do primo compositor de Payton, Roquel Davis, os Aims assinaram contrato com a Chess Records em 1956, mudando seu nome para Quatro Tops para evitar confusão com os Irmãos Ames. [ citação necessária ]

Nos sete anos seguintes, os Tops tiveram passagens malsucedidas na Chess, Red Top, Riverside Records e Columbia Records. Sem nenhum disco de sucesso em seu nome, eles faziam turnês com frequência, desenvolvendo uma presença polida no palco e um ato experiente no clube de supper, além de apoiar Billy Eckstine. Em 1963, Berry Gordy Jr., que havia trabalhado com Roquel "Billy" Davis como compositor no final dos anos 1950, convenceu os Tops a se juntarem à lista de sua crescente gravadora Motown. [ citação necessária ]

Juntando-se à Motown Edit

Durante seus primeiros anos na Motown, os Four Tops gravaram padrões de jazz para o selo Workshop Jazz Records da empresa. Além disso, eles cantaram em singles da Motown [1] pelos Supremes ("Run, Run, Run", 1964), Martha and the Vandellas (no hit de 1966 "My Baby Loves Me") e outros. [ citação necessária ]

Em 1964, a principal equipe de composição e produção da Motown, Holland – Dozier – Holland, criou uma faixa instrumental completa sem nenhuma ideia do que fazer com ela. Eles decidiram criar a música como uma música pop mais mainstream para os Four Tops e começaram a criar "Baby I Need Your Loving" a partir da faixa instrumental. Em seu lançamento em meados de 1964, "Baby I Need Your Loving" chegou ao número 11 na parada pop da Billboard. No entanto, a música provou ser muito mais popular nas estações de rádio que definem tendências nos principais mercados dos EUA e, desde então, cresceu em popularidade ao longo dos anos para ser uma das faixas clássicas do grupo. Após o sucesso do single, os Tops se afastaram de seu material de jazz e começaram a gravar mais material no estilo "Baby I Need Your Loving". [ citação necessária ]

O primeiro single seguinte, "Without the One You Love (Life's Not Worth While)" (1964), falhou por pouco tanto o pop como o R & ampB Top 40, mas "Ask the Lonely" (1965), escrito e produzido pela Motown William "Mickey" Stevenson com Ivy Jo Hunter, chefe do A & ampR, foi um hit pop Top 30 e um hit Top 10 R & ampB no início de 1965. A partir daí, o grupo começou a deixar sua marca. [ citação necessária ]

Edição de sucesso

Depois de seu primeiro hit número 1, "I Can't Help Myself (Sugar Pie, Honey Bunch)" em junho de 1965, o Four Tops lançou uma longa série de singles de sucesso. Entre a primeira onda desses sucessos estavam o Top 10 "É a mesma velha canção" (1965), "Something About You" (1965), "Shake Me, Wake Me (When It's Over)" (1966) e "Loving You Is Sweeter Than Ever "(1966). Os discos do Four Tops frequentemente representavam o epítome do Motown Sound: melodias e rimas simples e distintas, letras de chamada e resposta e as contribuições musicais da banda de estúdio Funk Brothers. [ citação necessária ]

Holland-Dozier-Holland escreveu a maioria dos vocais de Levi Stubbs em uma faixa de tenor, perto do topo de sua faixa, a fim de obter um senso de urgência tensa em seus leads inspirados por pregadores de gospel. Eles também escreveram vocais de fundo adicionais para um grupo feminino, os Andantes, em muitas das canções, para adicionar um final agudo à harmonia de voz baixa dos Tops. "Loving You Is Sweeter Than Ever" (1966) de Ivy Jo Hunter foi uma das poucas exceções. [ citação necessária ]

Agosto de 1966 trouxe o lançamento do maior sucesso de todos os tempos do Four Tops e uma das canções mais populares da Motown de todos os tempos. "Reach Out I'll Be There" alcançou o primeiro lugar nas paradas de pop e R & ampB dos EUA [1] e na parada do Reino Unido e logo se tornou a canção principal dos Tops. Foi quase imediatamente seguido por "Standing in the Shadows of Love" de som semelhante, sua representação de desgosto refletindo o oposto do otimismo em "Reach Out". Foi outro hit Top 10 para os Tops. [ citação necessária ]

O hit Top 10 dos EUA "Bernadette" girou em torno da obsessão devoradora de um homem por sua amante, [1] continuou a corrida de sucesso do Four Tops em abril de 1967, seguido pelos 20 maiores sucessos "7-Rooms of Gloom" e " Você continua fugindo ". A essa altura, os Tops eram a banda masculina da Motown de maior sucesso no Reino Unido (nos Estados Unidos, eles ficaram atrás dos Temptations) e começaram a experimentar mais sucessos pop mainstream. Eles marcaram sucessos com suas versões de "If I Were a Carpenter" de Tim Hardin no final de 1967 (meados de 1968 nos EUA) e "Walk Away Renée" do Left Banke no início de 1968. Esses singles e o original "I'm in a Different World "foram seus últimos sucessos produzidos por Holland-Dozier-Holland, que deixou a Motown em 1967 após disputas com Berry Gordy Jr. sobre royalties e propriedade de ações da empresa. [ citação necessária ]

Último período da Motown Editar

Sem Holland-Dozier-Holland, os acessos tornaram-se menos frequentes. O grupo trabalhou com uma ampla gama de produtores da Motown durante o final dos anos 1960, incluindo Ivy Jo Hunter, Nickolas Ashford e Valerie Simpson, Norman Whitfield e Johnny Bristol, sem sucesso significativo nas paradas. [ citação necessária ]

Seu primeiro grande sucesso em muito tempo veio na forma de 1970 "It's All in the Game", um pop Top 30 / R & ampB Top Ten produzido por Frank Wilson. Wilson e os Tops começaram a trabalhar em uma série de faixas e álbuns inovadores juntos, ecoando o trabalho psicodélico de Whitfield com os Temptations. Seu álbum de 1970 Ainda correm águas profundas foi um precursor do álbum conceitual. Também serviu de inspiração para o álbum clássico de Marvin Gaye de 1971 O que está acontecendo, cuja faixa-título foi co-escrita por Renaldo "Obie" Benson dos Tops. [ citação necessária ]

Além de seus próprios álbuns, os Tops formaram dupla com The Supremes, que acabara de substituir a vocalista principal Diana Ross por Jean Terrell, para uma série de álbuns faturados sob o título conjunto The Magnificent 7 em 1970, e O Retorno dos Sete Magníficos e Dinamite! em 1971. Embora os próprios álbuns não tenham um desempenho muito bom nas paradas, The Magnificent Seven apresentou uma versão Top 20 de "River Deep - Mountain High" de Ike & amp Tina Turner, produzida por Ashford & amp Simpson. [ citação necessária ]

O single de 1971 "A Simple Game" contou com backing vocals de membros do The Moody Blues. A canção não foi bem nas paradas dos EUA, mas alcançou o número três nas paradas do Reino Unido. [ citação necessária ]

Edição da ABC Records e Casablanca Records

A Motown como empresa começou a mudar no início dos anos 1970. Artistas mais antigos, como Martha and the Vandellas e The Marvelettes, foram lentamente movidos de lado ou deixados para se concentrar em atos mais novos, como Michael Jackson e The Jackson 5, Rare Earth e a agora solo Diana Ross. Além disso, a empresa mudou suas operações de Detroit para Los Angeles, Califórnia, onde Berry Gordy Jr. planejava entrar nos setores de cinema e televisão. Em 1972, foi anunciado que toda a companhia se mudaria para o oeste e que todos os seus artistas deveriam se mudar também. Muitos dos artistas mais antigos da Motown, já negligenciados pela gravadora, optaram por ficar em Detroit, incluindo a banda de apoio do estúdio The Funk Brothers, Martha Reeves, e os Four Tops. [ citação necessária ]

Os Tops trocaram a Motown pela ABC-Dunhill, onde foram designados para os produtores-roteiristas Dennis Lambert e Brian Potter e o chefe da gravadora A & ampR, Steve Barri como produtor, com o próprio Lawrence Payton dos Tops mais tarde também atuando como produtor e escritor. Ele também assumiu as funções de vocal principal em várias faixas. [ citação necessária ]

The group's first release on the label, "Keeper of the Castle" (1972) was their first pop Top 10 hit since "Bernadette" in 1967. Follow-ups included the 1973 million-selling "Ain't No Woman (Like the One I've Got)", also a top 10 pop hit and their third R&B number 1, and the Top 20 hit, "Are You Man Enough" (1973), (from the 1973 movie Shaft in Africa) "Sweet Understanding Love" (1973) "Midnight Flower (1974) and "One Chain Don't Make No Prison" (1974) all reached the R&B Top 10 between 1972 and 1974. Two ABC/Dunhill singles, 1974's "I Just Can't Get You Out of My Mind" and 1975's "Seven Lonely Nights" have become popular tunes in the southeast Beach/Shag Club Dance circuit. [ citação necessária ]

After the release of "Catfish" (a top 10 R&B hit) in 1976, the major hits started to dry up and the Tops left ABC after an album recorded in Philadelphia with the MFSB musicians resulted in only minor chart success in 1978. The group disappeared from the recording scene until the early 1980s. Signing a deal with Casablanca Records, the Tops made a comeback in 1981 with the #1 R&B hit "When She Was My Girl". Produced by David Wolfert, it just missed the Billboard pop Top 10, peaking at #11. The group also scored a UK Top 10 hit with the song and had another hit there with the follow-up, "Don't Walk Away". In 1982, their song "Back to School Again" appeared in both the movie Grease 2 and its soundtrack. [ citação necessária ]

Return to Motown Edit

By 1983, The Tops had rejoined Motown, where their former ABC-Dunhill producer, Steve Barri was vice-president of A&R. They were featured on the company's 1983 television special Motown 25: Yesterday, Today, Forever, taking part in one of the highlights of the show - a battle of the bands between The Tops and The Temptations, patterned after similar competitions Berry Gordy, Jr. had staged during the 1960s. Levi Stubbs and Temptation Otis Williams decided the Temptations/Tops battle would be a good one to take on the road, and both groups began semi-regular joint tours. [ citação necessária ]

The first of The Tops' albums under their new Motown contract was Back Where I Belong (1983). A whole side of the album was produced by the Holland-Dozier-Holland, including the R&B Top 40 single, "I Just Can't Walk Away". Only one more Tops album would be released by Motown, Magia in 1985. The lead single from that album, "Sexy Ways", was almost a Top 20 R&B hit, peaking at #21 on the Soul Charts in mid-1985. In July of that year, the group performed at the Live Aid concert, singing five of their hit songs. [ citação necessária ]

The title track of 1988's Indestructible was the group's final Top 40 hit, reaching No. 35. It was also featured in the 1988 science-fiction cop film, Alien Nation. Another track, "Loco in Acapulco", written and produced by British pop musician Phil Collins and former Motown composer-producer Lamont Dozier, climbed into the UK Top 10 and made #7 in early 1989. The Arista contract provided an opportunity to pair Levi Stubbs with fellow Arista artist, another legendary R&B vocalist from Detroit, Aretha Franklin, who was at the height of her own 1980s hit streak. This pairing resulted in the 1988 song "If Ever a Love There Was", which became a popular R&B and Adult Contemporary hit, as well as being featured on the soundtrack of the 1988 motion picture I'm Gonna Git You Sucka. [ citação necessária ]

In December 1988, Pan Am Flight 103 (a disaster known as the Lockerbie bombing) became the group's scheduled return flight to the U.S. for Christmas after completing their European tour. A prolonged recording session and a performance at the British television show Top of the Pops caused them to oversleep and miss the ill-fated flight which crashed in Lockerbie, Scotland, after a terrorist bomb was detonated on board. [2] [3] They left London however using a later British Airways flight. [ citação necessária ]

Later years Edit

From the late 1980s, the Four Tops focused on touring and live performances. They recorded only one album, returning again to Motown for 1995's Christmas Here with You. [ citação necessária ] On June 20, 1997, 59-year-old Lawrence Payton died as a result of liver cancer, after singing for 44 years with the Four Tops who, unlike many other Motown groups, never had a single lineup change until then. [4] At first, Levi Stubbs, Renaldo "Obie" Benson, and Abdul "Duke" Fakir toured as a trio called The Tops. In 1998, they recruited former member of the Temptations Theo Peoples to restore the group to a quartet. By the turn of the century, Stubbs had become ill from cancer Ronnie McNeir was recruited to fill the Lawrence Payton position and Theo Peoples stepped into Stubbs' shoes as lead singer. Stubbs later died on October 17, 2008 at his home in Detroit. [5]

The group was featured in several television specials during this time, including Motown 45, and several by PBS, including a 50th-anniversary concert dedicated to the group (available on DVD). The concert turned out to be bittersweet it featured a brief appearance of the wheelchair-bound Levi Stubbs, and a memorial to Lawrence Payton, announced by Renaldo "Obie" Benson. Benson appeared on one more PBS special and died on July 1, 2005, from lung cancer. The final PBS special, titled Motown: The Early Years, featured a message of Benson's passing following the credits. [ citação necessária ]

The group was inducted into the Rock and Roll Hall of Fame in 1990, and into the Vocal Group Hall of Fame in 1999. In 2004, Pedra rolando ranked them #79 on their list of the 100 Greatest Artists of All Time. [6] The Four Tops were inducted into the Michigan Rock and Roll Legends Hall of Fame in 2005. [7]

The Four Tops sang the National Anthem before the start of game 5 for the 2011 baseball American League Championship Series (ALCS) between the Texas Rangers & Detroit Tigers on October 13, 2011 in Detroit, MI. When singing the last line of "The Star-Spangled Banner", ". and the home of the brave", they quickly sang the words "Ain't No country Like the One I Got", before singing the last word, "brave". The Four Tops were honored with an induction into the R&B Music Hall of Fame at the Inaugural ceremony held at Cleveland State University's Waetejen Auditorium on Saturday August 17, 2013. [ citação necessária ]

On June 25, 2019, The New York Times Magazine listed Four Tops among hundreds of artists whose material was reportedly destroyed in the 2008 Universal fire. [8]

The Four Tops Career Awards Edit

The Four Tops have won many awards, including the following:

    (1990) [9] (1999) [10] (1997) [11][12] (Reach Out I'll Be There-1998) [13] ("I Can't Help Myself (Sugar Pie Honey Bunch-2018) [14] (2009-51st Annual Grammy Awards) [15]Pioneer Award (1997) [16] Top 100 Artists of All Time(#77) [17]Induction (2013) [18] (#79-Pedra rolando) [19] (2003) [20]
  • Michigan Rock and Roll Legends Hall of Fame [21]
  • Grammy Lifetime Achievement Award [22][23]

In early 2018, The Four Tops' 1965 #1 Pop Hit, "I Can't Help Myself (Sugar Pie Honey Bunch)" became their second song to be inducted into The Grammy Hall of Fame. [ citação necessária ]


The Four Seasons earn their first #1 hit with “Sherry” - HISTORY

A dance remix by the Dutch producer/DJ Ben Liebrand hit #14 US in 1994, introducing the song to a new generation. The remix stayed in the Top 40 for a stunning 20 weeks, and if combined with the 15 weeks the original spent on the chart, the song has had the longest stay on the Top 40. Valli, however, is not a fan of the new version. He told Painel publicitário: "I'll never like it better than when it was pure."

Liebrand remixed the song in 1988, but it was only released in Europe that year. In 1993 it was issued in the US, where it was rediscovered by those how heard it 18 years earlier and by a younger generation that was hearing it for the first time. The US single contains two radio edits (running 3:59 and 4:22) and an extended version for club play that runs 6:13.

In 1976, the French pop star Claude François recorded a translated version as "Cette année-là," which means, "That Year." The lyrics to his version were written by Eddy Marnay and set the song in 1962, with François referencing his rise to fame.

In 2000, this version was interpolated by the French rapper Yannick as "Ces soirées-là," which means "These Evenings." This version was a #1 hit in France and was used in the opening act of the stage show Jersey Boys, which is based on the story of The Four Seasons.

Comments: 59

  • Shawn Kovell from New York City I've been listening to that song my whole life and no one can convince me that it's anything other than a teenage boy losing his virginity to a prostitute. Obviously we can hear he's losing his virginity, he says he didn't even know her name and no way he says oh what a lady, that's what makes me feel like a teenage boy will call an older woman a lady. He'd never seen her before. I mean just look at the words! She's definitely a prostitute! And I have to laugh at the rush of the rolling ball of thunder, he blew his load, hahaha. I don't hear anything referring to love in this song. LOL. Still a good song though
  • Debbie Ayers from Missouri I have always thought this song was about a couple that got together and oh what a night it was I was conceived in December 1963 and born September 11th 1964 My mother was 36 and my father was 48 I was a youngest of five by 12 years so I like to think that late December back in 63 was a very very special night for my parents may be rest in peace
  • Eric from Boston Ma I always thought this was a Billy Joel song along with I'm Gonna Be by the Proclaimers. You learn something new everyday.
  • Tony from San Diego Not trying to be petty but Andrew Gold's song does NOT say December 1963, Gold's song only refers to seasons and no specific month. Also the years mentioned in that song are 1951, 1953 and 1969.
  • Rick from Philadelphia I'm a child of December '63, conceived, then born in September, 1964.
  • Harry from Honolulu, Hi If this tune is really about cocaine, how do we explain the phrase: "Oh, I got a funny feeling when she walked in the room"? That's where he cocaine analogy falls apart. Cocaine doesn't "walk in(to) a room." It would appear that this tune refers to a sexual encounter, most likely with a prostitute. If the female WEREN'T a prostitute, how come the singer "didn't even know her name"? This must be an anonymous sexual encounter between a guy and a prostitute.
  • Mike from Sacramento, Ca In the movie version (and maybe the play. I don't remember) they implied the song was created by Gaudio to celebrate the loss of his virginity. I know that's not the truth but it certainly works well.
  • Camille from Toronto, Oh I heard the dance remix version of this song on the car radio yesterday. Its ramped-up percussion puts the badonka-donk in this song and I rather liked it. It made me bee-bop to the music while I was driving. It was very listenable.
  • Barry from Sauquoit, Ny On December 21st 1975, "December, 1963 (Oh, What A Night)" by the Four Seasons entered Billboard's Hot Top 100 chart and on March 7th, 1976 it peaked at #1 (for 3 weeks) and spent over a half-year on the Top 100 (27 weeks).
    On April 10th, 1976 it reached #1 (for 1 week) on the Canadian RPM Top Singles chart.
    And eighteen years later on October 9th, 1994 a remixed of the song by Dutch deejay Ben Liebrand peaked at #14 on the Top 100 and again spent 27 weeks on the Top 100.
  • Camille from Toronto, Oh I loved this song when it was released in 1976. Now I find it a bit overplayed on the radio, altho still a good song. A more favorite song of mine by the Four Seasons is "Who Loves You" which had such a unique sound. Yet Songfacts hasn't included it on their website. :(
  • Dalan from Notacityyet, Mt Sometimes a song is just a song. A poem put to music to tell a story. Any hidden meanings are only a listeners imagination working overtime.
  • Betty from Dayton, Oh WoooHooo!! Love this song
  • Peterm from Birmingham, United Kingdom I take this on face value, good catchy fun disco song, don't look for too many hidden meanings. Play it loud, sing along, wind up the neighbours.
  • Ken from Afton, Mn OK. Here is the real story. December 1963 was a very cold month in Minnesota. After a whirlwind romance, my fiance and I decided to get married. I had a few days off around Christmas, so we had a small, evening wedding on December 21, 1963. The temperature was somewhat south of -20 degrees F.
    Oh! Que noite.
    That night did not feature my first sexual encounter, but many of my best.
  • Umgogo from Uppsala, Sweden I first heard this song in Fall 1994, as part of a weekly radio program called American Gold. My assumption has always been that the lyrics do not even refer to a sexual encounter, much less anything drug-related.

This average-looking, slightly awkward and nerdy 16

18-year-old boy is attending a large party with a couple of his friends. A pretty, popular and more experienced girl spots him, and finds him nice/(sym)pathetic enough to dance and innocently flirt with for a while. The boy is ecstatic, never having expected someone deemed that far out of his league to even notice him. Afterwards, he feels both grateful and more confident/mature than before. The song is sung from the perspective of the now grown-up boy, who has long since overcome his shyness and is now happily married (probably recounting this tale to his children/nephews/etc.).

Wasn't it Bob Gaudio that wrote the melody?

and Parker who did the lyrics?

More Songfacts:

Night MovesBob Seger

Bob Seger got inspired to write "Night Moves" after watching the movie American Graffiti, which showed young people growing up in his "neck of the woods."

All Of MeJohn Legend

John Legend wrote "All Of Me" about his fiancée Chrissy Teigen. He sang it to her at their wedding ceremony in Como, Italy.

Rolling In The DeepAdele

Adele got the title "Rolling In The Deep" from the British saying "Roll Deep," which means to look after someone. She was "rolling deep" with her boyfriend until he betrayed her.

The Girl From IpanemaStan Getz and Astrud Gilberto

There really is a Girl From Ipanema. Her name is Helo Pinheiro, and she would walk "Like a samba" past the bar the songwriters frequented, providing the inspiration.

Do You Really Want To Hurt Me?Culture Club

"Do You Really Want To Hurt Me?" was written by Boy George about his relationship with Culture Club's drummer Jon Moss.

Cinnamon GirlNeil Young

Neil Young was married when he wrote "Cinnamon Girl," which clearly was not about his wife. He had a hard time explaining it to her.

Editor's Picks

Songs About MoviesSong Writing

Iron Maiden, Adele, Toto, Eminem and Earth, Wind & Fire are just some of the artists with songs directly inspired by movies - and not always good ones.

Steven Tyler of AerosmithSongwriter Interviews

Tyler talks about his true love: songwriting. How he identifies the beauty in a melody and turns sorrow into art.

Trucking Songs That Were #1 HitsSong Writing

The stories behind the biggest hit songs about trucking.

Donald FagenSongwriter Interviews

Fagen talks about how the Steely Dan songwriting strategy has changed over the years, and explains why you don't hear many covers of their songs.

70s Music Quiz 1Music Quiz

The '70s gave us Muppets, disco and Van Halen, all which show up in this groovy quiz.

Jonathan Edwards - "Sunshine"They're Playing My Song

"How much does it cost? I'll buy it?" Another songwriter told Jonathan to change these lyrics. Good thing he ignored this advice.


Doo Wop

Where would doo wop music be without the beautiful singing and harmonies of The Four Seasons? We need Frankie Valli’s falsetto and Nick Massi’s bass?

Bob Gaudio says that when he wrote “Sherry,” The Four Seasons loved it. They performed it over the telephone for their producer Bob Crewe, who liked everything about it but the name. The first title was “Jackie Baby,” which was in honor of First Lady Jacqueline Kennedy. In the recording studio, Gaudio changed the name of the song to “Terri Baby” and eventually to “Sherry,” the name of the daughter of Gaudio’s best friend. “Sherry” was #1 on the Billboard Hot 100 for five weeks, starting in mid-September 1962 (and was replaced with the approach of Halloween by Bobby “Boris” Pickett’s novelty song “Monster Mash”). It also went to #1 on the R&B Chart. It was their first international charting success, going to #8 in the U.K.

Group members were Bob Gaudio, Frankie Valli, Tommy DeVito, and Nick Massi.

Here are the lyrics to “Sherry” by The Four Seasons:

“Sherry, Sherry baby
Sherry, Sherry baby

Sherry baby
Sherry, can you come out tonight
Sherry baby
Sherry, can you come out tonight

Why don’t you come out to my twist party
Come out where the bright moon shines
Come out we’ll dance the night away
I’m gonna make-a you mi-yi-yi-yine

Sherry baby
Sherry, can you come out tonight
Come, come, come out tonight
Come, come, come out tonight
You-oo-ooh better ask your mama
Tell her everything is all right

Why don’t you come out with your red dress on
Come out mmm, you look so fine
Come out move it nice and easy
Girl, you make me lose my mind

Sherry baby
Sherry, can you come out tonight
Come, come, come out tonight
Come, come, come out tonight”

If you are interested in reading about and listening to more songs by The Four Seasons, please click here for “Big Girls Don’t Cry” and “Walk Like a Man.” There is also “Rag Doll” on The Daily Doo Wop’s sister site Pass the Paisley.

For More Golden Oldies Music

The Daily Doo Wop Rec Room has daily featured doo wop, rock and roll, R&B, or rockabilly songs that were hits during the first era of rock and roll (that is, from about 1952 until the British invasion in 1964). After a song is featured, it then goes into the juke box. You are welcome to listen to any of the 40+ selections there. Every weekend, there is a Golden Oldies Juke Box Saturday Night, and the juke box is full of song requests from the 1950s and 1960s.

Please click here for the Daily Doo Wop YouTube channel, to which you can subscribe. Thank you for stopping by The Daily Doo Wop. Hope you enjoyed “Sherry” by The Four Seasons.


Assista o vídeo: Cztery pory roku - Recomposed by Max Richter